16 de out de 2018

Hotel em Dubai serve cappuccino com ouro

(Metrópoles) Um dos hotéis mais luxuosos do mundo, o Burj Al Arab, em Dubai, nos Emirados Árabes, agora também é conhecido por servir cappuccinos cobertos de ouro 24 quilates. Além do metal em flocos, a bebida é composta por café expresso, leite e chocolate na cobertura formando um desenho do hotel.


O cappuccino criado pelo chef Romain Renard é servido em uma cafeteria no lounge do hotel, a Sahn Eddar, e foi nomeado de Ultimate Gold Cappuccino. Acompanhado de um Grand Cru Guanaja, isto é, um marshmallow de chocolate também coberto de ouro, o café custa US$ 26, ou seja, algo em torno de R$ 98.

15 de out de 2018

Almas gêmeas existem?

Que tal falarmos sobre almas gêmeas? Faz muito tempo que eu não toco nesse assunto por aqui, então, eu vou voltar ao ponto de partida!

O coração tem lá os seus mistérios. A gente não escolhe por quem vai se apaixonar. Seria maravilhoso se pudéssemos, mas não é assim que funciona. Muitas pessoas passam a vida inteira pulando de relacionamento em relacionamento, em busca de sua cara metade; outras pessoas a encontram mais cedo, ainda na juventude. E há ainda os que abraçam a sua realidade e tentam se conformar. O fato é que todos nós viemos a esse mundo para sermos completos, felizes no relacionamento e para encontramos essa cara metade mais cedo, ou mais tarde,  e isso vai depender da nossa sensibilidade em prestar atenção aos sinais.

Antes de você abandonar esse post, eu te convido a ficar um pouco mais, porque o tema vai te oferecer sinais concretos para identificar a sua alma gêmea. Mas é necessário acompanhar o passo a passo.

Os céticos, aqueles que estão mais presos à matéria, talvez considerem que esse negócio de alma gêmea não passe de uma grande bobagem. Mas até as pessoas materialistas buscam alguém pra chamar de seu, não é? Então, quando a gente se abre a uma ideia, mais facilmente conseguimos atingir o nosso objetivo.

Importante: A tarefa de identificar a alma gêmea é individual e não tem como transferi-la a terceiros, ou seja, ninguém vai identificar a sua alma gêmea por você, só você mesmo (a) para identificá-la. E às vezes, você nem está procurando alma gêmea nenhuma e, de repente, se esbarra na rua com aquela pessoa que te revira do avesso, do nada. É bom investigar se ela é sua alma gêmea ou não! Conhecendo os sinais, você vai saber!

O nosso cérebro trabalha dentro das limitações da nossa mente. Já a alma transcende. Nela, as nossas informações de sentimentos e emoções ficam concentrados. Racionalmente, a gente pode ir até um ponto ou mesmo chegar a uma conclusão. Já quando tratamos de emoção...

A alma é o sopro da vida, o princípio da nossa existência. Ela é o elo de ligação entre a matéria (corpo físico) e o espírito. 

Muitos estudiosos do assunto colocam de forma lúdica a história das metades da laranja (você já deve ter ouvido algo nesse sentido). Deus, em sua infinta sabedoria, criou um SER e o dividiu ao meio, cada um num corpo diferente. Seria como pegar uma laranja e cortá-la ao meio deixando uma metade pra cada lado. E assim, quando unidas, as metades formam um todo, se completam.  Assim se dá com as almas gêmeas - quando se encontram, se identificam porque estão se completando.

Portanto, fica aqui a 1ª dica: Semelhante atrai semelhante. Opostos jamais se atraem. Almas gêmeas  são almas semelhantes. Um todo dividido ao meio. 

Pensa bem: Como alguém vai viver bem com outro alguém, em sua plenitude, se um não tiver nada a ver com o outro? Isso pode até funcionar por um tempo, mas vai chegar um momento em que as diferenças vão falar mais alto e vão pesar na balança.

O assunto continua!

14 de out de 2018

Gente que ama ouvir música na hora do banho

Eu não abro mão de tomar banho ouvindo uma musiquinha. Adoro! Esse hábito, eu tenho de muitos anos. Na casa dos meus pais, eu tinha que puxar uma extensão, que passava por debaixo da porta do banheiro, para conectar ao meu rádio. Hoje, a coisa é diferente, porque pra onde eu for aqui em casa haverá uma tomada disponível.

A hora do banho é pra relaxar mesmo! E a música colabora bastante nesse sentido. O mundo pode acabar lá fora, que eu só vou tomar ciência depois que eu abrir a porta. Eu mereço! Todos nós merecemos esse momento só pra gente, não é mesmo?

Como eu mantenho esse hábito de muitos anos, eu não tenho critérios para o estilo musical. Há períodos em que eu ouço lounge, em outro momento,Tom Jobim, Anitta, Zeca Pagodinho, Reggae, MPB, kizomba... Na grande maioria das vezes, eu faço a minha própria seleção de músicas, que pode incluir todos esses gêneros que eu citei ou um de cada vez.

A minha playlist do momento tá bem variada - tem músicas da década de 90, Vintagge Reggae, Dua Lipa, enfim, e eu vou dividir um pouco dessa playlist de banho com você. Quem sabe não te inspira a adotar esse hábito também? É uma delícia! Eu indico muito!

 Brenda Russell - Piano in the Dark (1988)



 Neil Diamond - I'll see you on the radio (Laura) - (1986)



Lionel Richie - Do it to me (1992)



Sade - Smooth Operator (1984)



Man Down (Rihanna´s song) - Vintage Reggae Café Vol. 5 (2016)


Rather Be (Clean Bandit´s song) - Vintage Reggae Café Vol. 5 (2016)

12 de out de 2018

A vida tem que ter tempero

A vida não pode ser morna.  Às vezes, as pessoas montam uma ideia de vida perfeita, como sendo aquela vidinha programada, toda certinha, com os boletos em dia, bem cômoda mesmo,  cheirinho de bolo vindo da cozinha, e ponto! Bom, pode ser até que alguém consiga levar a vida no modo morno por algum tempo, mas a vida toda, duvido!

A vida tem que ter tempero, tem que ter desafio, tem que tirar a gente da zona de conforto, do contrário, a gente vai murchando, acreditando que estamos em paz, quando na verdade estamos acomodados, opacos e sem vida alguma.

Creia! Estar em paz não é se acomodar, mas sim cooperar com os objetivos da vida. É aceitar as propostas que ela nos oferece, encará-las e fazer o melhor possível.

Eu vejo pessoas que, antes de encararem um desafio, já colocam mil obstáculos à frente sem ponderar, sem analisar que pode haver solução positiva pra qualquer coisa.  Essas pessoas não se esforçam com as suas qualidades de vida.

Quando a gente fica do lado da vida, ela fica do nosso lado. O resumo é esse! Mas para que se chegue a esse resultado, eu, você precisamos aceitar os desafios que a vida nos proporciona, encará-los da melhor maneira possível e partir pra vitória!

Quantas pessoas você já não deve ter visto por aí, que conseguiu atingir os seus objetivos! Foi do nada? Não foi! Quem quer atingir uma meta sempre tem que encarar algum desafio. Esse é o preço que a vida cobra, mas paga quem quer, é bem verdade, porém, pra colher frutos é preciso semear, não tem outro jeito!

É isso!

Um abração!

6 de out de 2018

Você já fez a sua colinha eleitoral?

Neste domingo, 7, das 8 às 17h, nos vamos às urnas escolher os nossos representantes para os próximos 4 anos (exceto senadores, que têm mandato de 8 anos). Então, se você chegou a cogitar a possibilidade de nem ir votar, pelo amor de Deus, não cometa essa insanidade, porque o voto, além de ser uma conquista, é a nossa arma contra a corrupção, contra essas mordomias dos políticos, enfim, contra toda essa safadeza que a gente vê diariamente na política.

Nós vamos votar em (na ordem):

. 1 deputado federal
. 1 deputado estadual
. 2 senadores
. governador
. presidente da república


'Vamo que vamo', Brasil!

Não dê poder a ninguém

O quanto de importância você dá aos outros? O quanto você possibilita que a opinião dos outros interfira na sua vida?

É sempre bom a gente parar de vez em quando pra pensar na vida e, principalmente, de como está a nossa vida! E até que ponto os outros se tornam obstáculo pra gente, à medida em que damos mais importância aos outros do que a nós mesmos. Já parou pra pensar nisso?

Às vezes, por darmos poder demais aos outros e nos colocamos pra trás, lá embaixo, a gente vai se distanciando do nosso EU. E aí o que acontece? A vida trava, não vai pra frente, nada acontece ou dá certo!

Nós sempre estamos buscando apoio nos outros, a aprovação dos outros, e é nessa que a gente acaba dançando, porque, muitas vezes, nós vamos tentar nos apoiar em pessoas muito mais inseguras que a gente.

Ou seja, quem vive buscando colinho, não vai alcançar o sucesso, porque o sucesso chega pra quem se apoia, se banca e se acredita. É a lei da vida!

A fonte de força, coragem, incentivo e apoio não está em lugar nenhum, nem em ninguém, mas dentro de nós. Quando a gente se apaga pra gente, nós nos apagamos pro mundo.

Isso não é conversa fiada, gente! Pensa nas vezes em que você se deixou levar pela conversa dos outros! Eu mesma, esse ano, me distanciei tanto de mim, que acabei tendo problemas de saúde. Mas posso te afirmar, que já estou dando a volta por cima, sendo mais eu, como eu gosto de ser, como eu me sinto bem – no controle, sem insegurança, dando as cartas.

A gente precisa de firmeza para termos as diretrizes que a gente quer tomar.  A gente não pode ficar esperando que os outros digam o que a gente tem  que fazer, nós não podemos ficar esperando a aprovação dos outros, entende?

Não dê ouvidos a ninguém! Se tiver vontade de fazer algo, faça! Não deixa que o seu pensamento se contamine com a ignorância dos outros, com a maldade alheia, nem com a insegurança deles.  Se coloque no centro das suas atenções.

A diferença entre o físico nuclear e o gari é a informação. Ninguém é mais do ninguém, nem menos. As pessoas são mais atiradas pra vida ou não! Quem quer algo faz a noite virar dia e faz do inverno, a primavera! A vida está cheia de exemplos por aí!


É isso!

Um abração!

28 de set de 2018

O Facebook me bloqueou!

Não é a primeira vez que isso acontece comigo! Já fui bloqueada pela tal rede social por horas, por um dia inteiro, por 3 dias... mas já fazia um bom tempo que eu não passava por tal situação!

Na  terça, 26, eu encontrei uma matéria que me chamou a atenção. Cliquei no link para conferir se não era fake news o que, de fato, não era e resolvi compartilhá-la no meu perfil da rede, como no print a seguir, e fui caçar mais notícias.


Ao tentar compartilhar sobre outro assunto, a surpresa: Fui bloqueada!


O castigo: 24h sem poder acessar a rede!



Ninguém morre por não poder acessar a rede, não é mesmo? Aproveitei o tempo do ' castigo' para fazer outras coisas, e olha que nem foi o suficiente! Mas passado o tempo estipulado, eu consegui fazer o login, mas ao tentar postar sobre uma pesquisa eleitoral, o Facebook resolveu me impedir por mais 19h.


Que graça! A essa altura do campeonato de minha vida, eu fui colocada no cantinho da disciplina para refletir. Só rindo muito!

Moral da história: Eu fiz esse post para compartilhar com os amigos que estavam curiosos e, segundo, porque democracia nesse país é algo questionável, como podemos observar!

Eu sou super favorável que se coíba posts bizarros, como foto de gente morta, animais em sofrimento, crianças em sofrimento e situação de risco, coisas assim.

Também creio que a Justiça está aí para repreender os casos previstos em lei! Agora, fazer o que fizeram comigo, e que fazem com tantos outros na rede, porque a política do Facebook não concorda com o post, é brincadeira! E é censura também!

Eu faço votos para que surja outra rede social que sepulte a ditadura do Facebook de vez! Aliás, dizem que já surgiu - a rede social GAB. Eu já tenho perfil por lá -> https://gab.ai/moniqueschuabb 

É isso!

Um abração!

26 de set de 2018

Uma lista de desejos, você tem?

Por um acaso, eu encontrei na internet uma matéria com algo do tipo - 100 desafios a fazer antes de morrer! Como não estava fazendo nada, eu fui conferir a tal lista, com a qual eu não concordei em tudo, mas comecei a pensar sobre as coisas que eu ainda gostaria de fazer. Então, comecei a tentar montar os meus próprios desafios, mas confesso que não foi nada fácil, tanto que não consegui ultrapassar os 10. Mas ok, não há necessidade de pressa, não é mesmo?

Alguns itens da minha lista de desejos:

1. Ver a Aurora Boreal

Eu não suporto frio, mas talvez, eu até ignoraria esse pequeno detalhe para ver de perto a Aurora Boreal na Islândia. Que coisa linda! Que espetáculo!



2. Saltar de paraquedas

Todo mundo merece um pouco de adrenalina na vida. Saltar no meio do nada, já pensou?


3. Beijar numa roda gigante

A vida também precisa de um toque romântico, não é mesmo?


4. Sobrevoar a minha cidade de helicóptero

Eu creio que talvez seria um dos momentos mais emocionantes da minha vida. Amo a minha cidade natal! Mas toparia sobrevoar o Cristo Redentor também!


5. Fazer (+) uma tatuagem

Esse desafio, eu já realizei há muuuito tempo. Tenho 3! (Mas sempre há possibilidade de fazer mais uma, quem sabe!)


6. Assistir a um show de tango na Argentina

Eu amo tango! Fruto de influência familiar - papai adorava, tia Néa idem e outros tios também.


7. Sair entregando flor de mão em mão na Avenida Alberto Braune, principal via da minha cidade


8. Ensinar um grupo da Terceira Idade a ler e escrever


9. Ter um programa de rádio (de informação, obviamente)


10. Adquirir, ou ganhar (melhor ainda), uma joia da linha  Panthere, da Cartier


E você, também tem uma lista de desejos? Gostaria de dividi-la comigo? Eu iria adorar conhecer a sua lista de desejos!

20 de set de 2018

De acordo com o tic tac!

Eu acordei, olhei para o despertador e o mesmo marcava cinco para o meio-dia! Meu Deus, como pude ter dormido tanto assim, pensei, deve ter sido o efeito do remédio, concluí. Fui ao banheiro, voltei pro quarto e decidi ligar a TV para acabar de acordar, e eis que me deparo com o Chico Pinheiro. Mudei de canal e passava Café com Jornal. Mudei para o canal Band News e na tela marcava pouco mais de 8h! Ufa! Não havia acordado tarde, mas foi o despertador que havia parado em pouco antes da meia-noite! Acabou a pilha, só isso!

A título de esclarecimento, eu estou tomando Cataflan  e o mesmo me dá um sono, que não é desse planeta. Engraçado, que o Zé toma esse remédio como se fosse bala, e tudo bem, mas cada um com o seu cada um, né?

Mas enfim, como a gente se condiciona, não é mesmo? Um dos meus maiores sonhos na vida, sempre foi não ter que precisar mais viver com um relógio no pulso e, de fato, hoje, eu até posso dizer que não sou mais escrava do relógio, porque passei a vida inteira cronometrando o meu tempo, para não me atrasar para o colégio, para estudar para as provas, ou mesmo para cumprir o meu horário no trabalho, já na vida adulta. E  hoje, eu já não tenho mais essa necessidade, mas ainda assim, pela própria rotina do dia a dia , me vejo de acordo com os ponteiros do relógio! Faz parte do tic tac da vida!

Um abração!