29 de out de 2014

Melancia e seus benefícios

O versão está chegando e com ele aumenta o suor e a necessita de nos hidratarmos mais. Além de muita água, as frutas são uma ótima pedida para os dias quentes, pois além de seus benefícios, ajudam a hidratar o corpo. A melancia, por exemplo, é composta por 95% de água. Vamos conhecer os seus benefícios?

A melancia é rica em caroteno (que é convertida em nosso corpo em vitamina A), licopeno (protege nosso organismo contra o câncer), glutationa (substância com propriedades anti-envelhecimento), vitamina C e vitaminas do complexo B.

A melancia é anticancerígena, não tem colesterol e contribui com a limpeza dos rins.

Fortalece o pulmão

Segundo a Sociedade Americana Torácica, A vitamina A participa dos processos regenerativos dos alvéolos, pequenas estruturas do pulmão que atuam no intercâmbio de gases. A vitamina ainda ajuda a combater processos inflamatórios. Consuma uma fatia média da fruta para suprir a quantidade diária de vitamina A recomendada .

Aumenta a libido

Segundo pesquisa da universidade A&M (EUA), a parte branca da fruta é rica em citrulina. Esse aminoácido é convertido em arginina por enzimas, que atua na formação do óxido nítrico. Essa terceira substância relaxa os vasos sanguíneos e estimula a vascularização do corpo inteiro, incluindo os órgãos sexuais.

Combate a anemia

A melancia é fonte de ferro, mineral que ajuda os glóbulos vermelhos a transportarem oxigênio para todas as células do corpo. A anemia ocorre quando a falta de ferro prejudica a concentração de glóbulos vermelhos. A fruta é uma boa opção de fornecimento do mineral para vegetarianos e para atletas, que tendem a perder glóbulos vermelhos com mais rapidez.

Tem contraindicação?

Embora a melancia seja 95% composta de água, há pessoas intolerantes à fruta, devido a um aminoácido que ela tem, que é a  citrulina. Boa parte dos pacientes com artrite reumatoide são intolerantes a essa substância, assim como aquelas pessoas que sofrem de uma deficiência genética conhecida por citrulinemia.

Com informações de Beleza & Saúde / Revista Viva Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário