14 de ago de 2013

Memória Seletiva

Eu não sei se é virtude ou defeito, mas eu tenho memória seletiva. Memória seletiva é o que a nossa mente escolhe para lembrar ou não. Ela é que define. Vou exemplificar!

Outro dia uma amiga me disse ter encontrado na rua fulano de tal, no outro, beltrano de tal... e me perguntou se eu lembrava dessas pessoas? Naturalmente, eu perguntei a ela se eu havia conhecido esse povo todo! E aí ela parou uns 3 segundos e  perguntou se eu realmente não lembrava das pessoas citadas. Simplesmente, respondi que não! Que aliás, eu não me lembro nem de quem eu estudei durante a minha vida toda, exceto algumas pessoas mais próximas. Nossa, mas eu já conheci muita gente! Dá para lembrar de todo mundo? Me parece que nesse quesito, ela tem a memória bem melhor que a minha.

Não sei, mas não me faz sofrer aquilo que não me lembro, claro! Às vezes, eu estou passando na rua com o meu marido, alguém passa e fala comigo, eu falo também, e depois quando meu marido me pergunta, quem é? Simplesmente eu respondo, não faço a menor ideia! E quando a pessoa para comigo e eu não sei quem é? Fico tentando buscar alguma deixa para eu fazer associações, o que na maioria das vezes não ocorre!

Muita gente pode confundir memória seletiva com o esquecimento (esquecimento aqui, no sentido de esquecer de pagar a conta de telefone, por exemplo, internet....). Me esquecer das coisas, claro, como todo ser humano, esqueço, mas no sentido de realizar as tarefas do dia a dia, eu me considero uma pessoa de boa memória. Me refiro à memória seletiva, no sentido de não me prender a detalhes. A vida, pra mim, é um todo, e não fragmentos. Eu posso até comparar a minha memória com a mesma forma de como funciona um computador - as informações básicas sempre ficam - o windows, alguns programas - mas constantemente, a gente precisa fazer backup para apagar aquilo que já deu oque tinha que dar. Minha cabeça funciona assim!

Será que Freud explica a memória seletiva? É bem capaz que sim! Vou até pesquisar sobre o assunto!

Um abração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário