21 de abr de 2013

Louise Brooks; Diva dos anos 20 que ditou moda

Mary Louise Brooks foi uma atriz, modelo e dançarina norte-americana, que nasceu em 14 de novembro de 1906.

Louise Brooks, como era conhecida artisticamente, começou cedo a sua carreira, aos 4 anos de idade já subia aos palcos.  Em 1925 fez seu primeiro filme - The Street of Forgotten Men. Em seguida, assinou contrato de 5 anos com a Paramount Pictures e em 1927 mudou-se para Hollywood, onde participou de diversas produções. Mas é mais lembrada pelo seu trabalho como Lulu em A Caixa de Pandora, de G.W. Pabst

Além de ter uma personalidade fortíssima, e dona de uma beleza incomum, Louise Brooks lançou moda no final da década de 1920 com seu cabelo curto, geométrico e de franja reta que fez com que o estilo "a la garçonne" se tornasse uma febre entre as mulheres da época.

 Fora do tablado, Louise Brooks chegou a levar uma vida promíscua, fazendo “programas” com ricaços nos hotéis luxuosos da cidade.

Como atriz, Louise foi um tanto rebelde, um tanto indisciplinada. Saiu e quando voltou para Hollywood, encontrou as portas fechadas. Aos 24 anos de idade, ela estava sem dinheiro e teve que reprimir seu orgulho. As marquises dos cinemas anunciavam “Garbo fala”, mas nenhuma trombeta saudava o primeiro filme sonoro de Louise Brooks, uma comédia de dois rolos intitulada Windy Riley Goes Hollywood, produzida em 1931 pela Mermaid Comedies Company (ex-Educational).

Louise foi convidada a fazer o papel principal no filme Inimigo Público / Public Enemy, de 1931, mas se recusou e começou a carimbar o final de sua carreira como atriz, embora ainda tenha conseguido fazer outros 06 filmes (sendo que no filme O  Amor é um Jogo / King of Gamblers / 1937 (Dir: Robert Florey), a única cena com Louise foi cortada).

Em 1940, Louise Brooks deu adeus a Hollywood e voltou para a sua terra natal no Kansas. Fundou nova escola de dança em Wichita com Hal McCoy e escreveu um folheto, “The Fundamentals of Good Ballroom Dancing”. Mas em 1943, voltou para Nova York, onde exerceu diversas atividades – desde participações em programas de rádio a emprego de balconista na Saks da 5a Avenida. Cinco anos depois, Louise começou a escrever a sua autobiografia, “Naked on My Goat”, mas destruiu-a, antes que fosse publicada.

Louise Brooks, que os íntimos chamavam de “Brooksie”, faleceu aos 78 anos de idade, de um ataque do coração, na noite de 8 de agosto de 1985.



Fontes: Histórias de Cinema / Wikipedia / UOL Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário