6 de jan de 2013

Roberto Farias - Talento friburguense

Roberto Farias nasceu em 27 de março de 1932 em Nova Friburgo. Irmão do ator Reginaldo Faria, teve um "s" adicionado ao seu sobrenome por erro do cartório.

O cineasta fez quase 10 filmes como assistente de direção ou de produção até estrear como diretor em 1957 com Rico Ri à Toa, uma chanchada estrelada por Zé Trindade onde além de dirigir ele também foi o autor do roteiro e dos diálogos.

Em 1960, com o policial Cidade Ameaçada, ganhou vários prêmios e se tornou um dos mais respeitados cineastas brasileiros, posição que ele viria a sacramentar com Assalto ao Trem Pagador, em 1962.

Roberto se tornou um diretor popular ao filmar a trilogia de filmes com Roberto Carlos, que começou em 1968 com Roberto Carlos em Ritmo de Aventura e terminou em 1971 com A 300 km por hora.

Trabalhos que dirigiu na Tv Globo:

1984 - A Máfia no Brasil

1992 - As Noivas de Copacabana
1993 - Contos de Verão
1993 - Menino do Engenho
1994 - Memorial de Maria Moura
1995 - Decadência

Nenhum comentário:

Postar um comentário