11 de mar de 2011

Etiqueta nas Redes Sociais.2

Estabelecendo limites no campo virtual

"Dá uma força aí!" Certamente, em algum momento, e em alguma rede social da qual você participa, já recebeu essa mensagem - ou para seguir alguém no twitter, ou para aderir a alguma comunidade... Bom, como eu já cheguei a comentar em outra oportunidade, só ingresso em comunidades ou sigo pessoas que me despertem algum tipo de interesse. Ponto! Agora, o pior é quando você, elegantemente ignora e lá vem a insistência - dá uma força aí, segue fulano aí! - Não dá!

Então, fica a 1ª dica do dia: se você deseja promover algum grupo, comunidade ou perfil, insira conteúdos que despertem o interesse das pessoas para que elas possam aderir e indicar, de forma espontânea.

O Facebook tem uma falha nessa questão. Você pode criar um grupo, mas não há como enviar convite, e aí não há outra alternativa a não ser o de inserir as pessoas. Neste caso, num grupo que montei recentemente no Face, elaborei a seguinte mensagem:

Pessoal, caso vcs estejam recebendo e-mail após e-mail, a cada publicação, a solução é simples: acima das fotos do grupo (lá em cima à direita) há um mecanismo chamado EDITAR CONFIGURAÇÕES. Basta clicar ali e desmarcar notificações de e-mail.

E caso não haja interesse em continuar a participação, desde já peço desculpas, e a orientação é acionar o botão DEIXAR GRUPO, que fica logo após as fotos dos membros.


Todas as vezes que adiciono ou as pessoas entram de forma espontânea, subo essa mensagem para que as mesmas não fiquem recebendo mais de 100 e-mails por hora, nem se sintam obrigadas a permanecer no grupo, pois já vi casos de pessoas que chegaram a ameaçar a exclusão de seus próprios perfis em função de estarem em grupos dos quais não pediram para participar.

Outra coisa muito deselegante é adicionar alguém ao perfil e ignorar suas informações postadas no perfil, como por exemplo, ignorar que a pessoa é casada ou está num relacionamento sério, e dar uma cantada; ou adicionar a pessoa num grupo de oração, sendo que a pessoa não tem religião, nem pretende ter.

Informações básicas em perfil alheio são para serem respeitadas, antes de tudo.

Cuidado com o que você publica no seu mural

Sobre palavrões, já comentei inúmeras vezes por aqui. Vou comentar sobre vídeos e imagens. No seu perfil, é claro, você publica o que quiser, o que não quer dizer que as outras pessoas sejam obrigadas a "engolir" qualquer coisa, como imagens e textos pornográficos, pelo amor de Deus! Deseja compartilhar esse tipo de material? Procure pessoas que curtam também, forme um grupo, enfim... Esses dias um rapaz postou uma imagem, que me deixou envergonhada quando eu abri o meu Facebook (e olha que eu não tenho nada a ver com o peixe).

MSN - Disponível significa disponível. Ocupado significa ocupado,"não perturbe"!

Parece muito óbvio, e é, o que acabei de escrever, mas ainda assim algumas pessoas ignoram o status do MSN e 'danam' a puxar assunto quando não estamos disponíveis para um bate-papo. Eu parei de usar o MSN. E raramente o abro, a não ser para deixar um recado p/ uma pessoa amiga, deixar uma informação e pronto. É chato termos que chegar a esse ponto, mas às vezes não há outro jeito!

Se você está no MSN e realmente precisa falar com a pessoa que não está disponível, deixe uma mensagem, tipo: Vou deixar apenas um recado. Me retorne quando possível! E não insista, achando que a outra pessoa não leu, porque te asseguro, ela leu sim!

Confira também - Etiqueta nas Redes Sociais - Parte 1

Nenhum comentário:

Postar um comentário