6 de abr de 2017

Mercado cada vez mais virtual

O mundo virtual é cada vez mais amplo e plural. E para quem tem um negócio, ou pretende abrir a sua empresa, estar na internet é praticamente uma obrigação, afinal, quem não é visto, não é lembrado. E hoje em dia não cabe mais essa história de que não dispõe de recursos para pagar pela criação de um site e mantê-lo, pois nós temos aí o Blogger, o Wordpress, e tantos outras plataformas, que são de graça e super fáceis de serem montadas e gerenciadas. Há também o Intagram e o facebook, que permitem ao empreendedor criar uma página, ou mesmo um perfil, para divulgação de seu trabalho.

Agora, talvez tanto pior do que não ter o seu produto na internet é não atualizar as informações e omitir canais de comunicação para chegar até a sua empresa. Explico:

  1.       Tem gente que criou página no facebook, por exemplo, em 2015 e, de lá pra cá, nunca mais atualizou a pobrezinha. Aí a gente fica sem saber se o negócio fechou ou se a empresa é desleixada mesmo.

  2.       E aquela criatura que cria a página da empresa, até a atualiza, mas não coloca endereço, telefone pra contato, nada! É distração ou desleixo?

Bom, aí pra quem realmente não tem capacidade para postar o mínimo, ao menos uma vez por semana, e nem tem a coragem de colocar todas as informações possíveis para contactar o empreendedor, é melhor mesmo ficar no analfabetismo digital, ou seja, fora da internet.

Eu já fui a estabelecimentos em função da propaganda feita na internet. E possivelmente, eu estou perdendo, também, a oportunidade de conhecer tantos outros estabelecimentos, por falta de informação. O consumidor, geralmente, dá valor ao empresário que valoriza o consumidor, não é isso?

Um abração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário