11 de jan de 2017

Quando fazer compras vira doença

Qual pessoa nunca sonhou entrar em um shopping, com um cartão de crédito sem limite, e poder comprar tudo o que tiver vontade sem se preocupar com a fatura? Um sonho, né? Eu, particularmente, não sei o que é entrar num shopping há umas duas encarnações. Mas ok! Ter vontade de comprar, poder comprar aquilo que se quer, não tem nada demais. O problema é quando fazer compras torna-se compulsão.

A mania de comprar sem controle tem nome: Oniomania. O comprador compulsivo, diferente das demais pessoas, compra por ansiedade, como se quisesse preencher algum vazio na sua vida.

A oniomania é mais comum entre as mulheres, até pela cultura de que é a mulher a responsável pelo controle das finanças da casa etc, mas homens também podem apresentar esse transtorno.

Em geral, os compulsivos compram, além da conta, roupas, sapatos, bolsas, maquiagem, livros... e acabam acumulando um monte de coisas em casa. Há os que doam a pessoas próximas alguns produtos adquiridos ou mesmo devolvem às lojas, porque o prazer do compulsivo é comprar.

Na oniomania, a pessoa compra, compra, compra e  depois que cai na real, fica com sentimento de culpa, pois sabe que muito do que adquiriu não terá utilidade alguma, isso sem contar que poderá comprometer suas finanças.

E qual a solução para esse problema? Buscar ajuda, não tem jeito! A compulsão, bem como qualquer outro transtorno psiquiátrico, precisa de controle, que só é possível com a ajuda de um profissional. Ok?

É isso!

Um abração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário