16 de mar de 2015

O Brasil parou! Viva o Brasil

O Brasil em peso foi às ruas ontem, 15, protestar contra a presidenta Dilma e seu governo. E claro, eu não poderia deixar o assunto passar em branco por aqui. Afinal de contas, segundo o Datafolha, foi o maior ato político desde as Diretas Já!

Os governistas consideraram o ato como golpista. Ora, meu povo, não há nada mais democrático nesta galáxia, do que o povo tomar as ruas para mostrar sua insatisfação quanto ao governo, seja ele em qualquer esfera for.

Em sistemas ditatoriais, manifestos nas ruas não são bem-vindos, pelo contrário, quem vai para a rua protestar contra um governo ditatorial é considerado um traidor da pátria. E aí sabe-se lá quais as consequências que pode sofrer essa criatura (geralmente são as piores).

No mundo ainda existem 60 ditaduras. Podemos destacar, bem pertinho aqui da gente, países que sofrem com seus eternos chefes, como no caso de Cuba e Venezuela.

A presidente Dilma pode até gostar, se dar bem e simpatizar com o sistema da família Castro, em Cuba, ou mesmo de Nicolás Maduro, na Venezuela. Isso é problema dela. O que é ela não pode é começar a gostar da ideia e querer implementar o mesmo sistema por aqui. Aí fica difícil!

Por isso o povo tomou conta das ruas do país para mostrar que, nem a Dilma, nem seus aliados políticos, podem sambar na cara da população e mudar as nossas cores verde e amarela pela cor vermelha, e ficar por isso mesmo! Ela está presidente! Por que o país é dos brasileiros! Não é da Dilma, do PT, PV, PSDB, PSB... ou da PQP!

#VemPraRua sempre que for preciso, Brasil!

Nenhum comentário:

Postar um comentário