12 de ago de 2014

Sinusite: Como tratá-la de forma natural

Inverno é a época de todas as 'ites' - bronquite, rinite, sinusite... e só quem tem algum tipo de problema respiratório sabe como é. Hoje vou falar da sinusite, que é uma das doenças mais comuns e afeta a milhares de pessoas em todo o mundo.

Os sintomas mais frequentes da sinusite são: cefaleia, secreção constante, dor nos seios nasais, febre, halitose, nariz avermelhado, cansaço, dor nos olhos ou nos dentes, sensação de rosto inflamado, olhos lacrimejando, mal-estar generalizado, sangramento no nariz, tosse, falta de olfato, nariz entupido, dor ao mastigar ou tragar, disfonia ou afonia.

Como evitar a sinusite?

Além de optarmos por remédios caseiros para tratar a sinusite, existem algumas mudanças de hábitos que são interessantes para o nosso quotidiano e que vale a pena pôr em prática. Por exemplo, utilizar umidificadores nos quartos ou ventilar a casa (deixando as janelas abertas) e eliminar todo o pó do ambiente.

Também é possível descongestionar o nariz usando vapor d’água, com folhas de eucalipto. Para isso pode-se utilizar aparatos específicos ou colocar uma panela de água com a essência de eucalipto para ferver e inalar os vapores.

Remédios naturais para tratar a sinusite

Eucalipto: é ideal para desinflamar os seios paranasais e ao mesmo tempo ajudar a evacuar o excesso de muco. Ferva uma porção de folhas de eucalipto e aspire o vapor, colocando a cabeça em cima da panela onde a solução foi fervida e, ainda, uma toalha por cima da cabeça para receber ao máximo os vapores exalados.

Malva: tem propriedades bactericidas e serve para eliminar os microrganismos que causam a sinusite. Prepare uma infusão com uma colher de flores de malva para uma xícara de água e ferva por dez minutos, é possível consumir até quatro xícaras por dia.
camomila-2

Camomila: conta com propriedades anti-inflamatórias e antissépticas, por isso serve tanto para desinflamar os seios paranasais como para eliminar os gérmens que causam a inflamação no local. Para utilizá-la, dilua algumas gotas do óleo essencial de camomila em dois litros de água e inale a solução.

Equinácea: ajuda a reforçar o sistema imunológico. É encontrada em lojas de produtos naturais, o ideal é consumir 1000 mg por dia, divididas em 5 porções.

Unha de gato: essa erva também serve para favorecer a imunidade, para que as bactérias e vírus não consigam atacar nosso organismo. Para que seja efetiva basta tomar algumas xícaras da infusão da erva, fervendo uma colher de sopa da planta seca em uma xícara de água por dez minutos.

Agrimônia: um excelente remédio para tratar a sinusite. Misture 60 gostas do extrato de agrimônia em um litro de água. Absorva o líquido pelo nariz até que chegue à boca e depois cuspa-o, atenção, não beba o líquido.

Gengibre: são muitas as vantagens da raiz de gengibre em nosso corpo, a maior parte delas relacionadas ao sistema imunológico. Faça uma infusão com uma colher de chá de raiz seca de gengibre em uma xícara de água e beba dois copos por dia. Se preferir, adicione o suco de limão à infusão para potencializar o efeito.

Limão: tem muitos componentes antibacterianos e além disso, se consumido quente (como complemento em um chá, por exemplo) ajudará a desobstruir os seios nasais e diminuirá a febre. Duas boas opções é tomar o limão com uma colher de sopa de mel ou adicioná-lo a infusão de gengibre, como dito anteriormente.

Cipreste: as folhas da árvore de cipreste servem para desinflamar os seios paranasais e ajudar a eliminar o excesso de muco. É preciso realizar vapores com água quente e 10 gotas de óleo essencial de cipreste.

Zimbro: tem propriedades expectorantes, antissépticas e antiespasmódicas. É uma boa opção para qualquer doença respiratória, dentre elas a sinusite. Para isso basta fazer uma infusão com uma colher de sopa de bagas de zimbro, fervendo-as em água por 15 minutos. beba ao longo do dia e se preferir, adoce com mel.

Pinho: inale vapores de água quente com óleo essencial de pinho ou ramos da árvore. Isso servirá para desinflamar os seios paranasais.


Todos estes produtos podem ser encontramos em lojas de produtos naturais, feiras, supermercados ou, ainda, em farmácias homeopáticas.

Fonte: Melhor com saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário