27 de fev de 2014

Sobre a Friboi, o STF e o carnaval

A gente não pode ter certeza de nada nessa vida, nem de que teremos conexão quando quisermos. Esse foi o meu caso durante a semana. Numa ação 'preventiva', o meu provedor de internet me deixou na mão e com muita raiva também. Mas vamos em frente...até a próxima interrupção!

Roberto Carlos estrelou a campanha da Friboi na TV e gerou muita polêmica, afinal, até então, ele se dizia vegetariano. Mas vamos combinar, com 16 milhões no bolso e mais um patrocínio para os seus shows em cruzeiros, Roberto Carlos lá vai ficar preocupado com os seus hábitos alimentares ou com o que os outros vão pensar dele? Ele não se vendeu, porque ele sempre esteve disponível no mercado. Tá errado? Não me cabe julgar!

E por falar em Friboi, o empresário da marca, que é filiado ao PMDB, e vai disputar o governo do estado de Goiás, claro, usando como sobrenome Friboi, acaba de contratar o marqueteiro Duda Mendonça (o marqueteiro do Lulinha paz e amor, lembram?) para ser o seu marqueteiro de campanha, pela bagatela de R$ 30 milhões.

Resumo: Essa Friboi tem muita 'bala na agulha', hein!

STF absolveu 8 réus de formação de quadrilha no caso do mensalão. Formação de quadrilha, segundo o art. 288 do Código Penal, é "associarem-se mais de três pessoas, em quadrilha ou bando, para o fim de cometer crimes".

E aí, você concorda com ou não com a decisão do STF?

Vamos vestir a fantasia, afinal, é carnaval!


Um abração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário