2 de out de 2013

A beleza atemporal da Diva dos anos 50, Grace Kelly

Grace Patricia Kelly nasceu na Filadélfia em 12 de novembro de 1929. Filha de um campeão olímpico de remo e de uma treinadora desportiva, desde cedo, Kelly demonstrou interesse pelas artes cênicas. 

Enquanto frequentava a Ravenhill Academy, uma escola católica para moças ricas, Kelly participava de eventos moda em sua cidade natal Em 1947, graduou-se pela Stevens School. Nessa instituição, o interesse de Kelly pelas artes cênicas cresceu, o que fez com que ela mudasse para Nova Iorque para estudar teatro na Academia Americana de Artes Dramáticas.

A jovem participou de várias peças teatrais. Estreou na Broadway com a peça "The Father". Em 1948, conclui o curso na Academy com a apresentação da peça "The Philadelphia Story". Grace se destacava pela beleza. Ao ser vista na TV, pelo produtor Delbert Mann, foi convidada para e atuar no filme "Fourteen Hours". Foi a estréia de Grace Kelly, nas telas do cinema.

Em sua curta carreira, participa de onze filmes: "Quatorze Horas" (1951), "Matar ou Morrer" (1952), "Mogambo" (1953), "Disque M para Morrer" (1954), "Janela Indiscreta" (1954), "Amar é Sofrer" (1954), "Tentação Verde" (1954), "As Pontes de Toko-Ri" (1954), "Ladrão de Casaca" (1955), "O Cisne" (1956) e "Alta Sociedade" (1956).

Pelo filme Mogambo, Kelly recebeu o Globo de Ouro de melhor atriz coadjuvante. Mas não foi o único. Veja a seguir algumas premiações as quais ela foi indicada e as que ela venceu:


Não poderia deixar de destacar que, ao filmar com Hitchock, ela passou a ser considerada a queridinha do cineasta.

Grace era discreta. Sempre com os cabelos curtos e bem penteados, a atriz era adepta de uma maquiagem natural, com sobrancelhas valorizadas e um leve toque de cor nos lábios.

Grace teve vários relacionamentos amorosos enquanto esteve solteira, entre eles romances com atores com quem havia atuado, como Ray Milland e Clark Gable, por exemplo. A relação entre Grace e Milland ocorreu durante as gravações do filme Disque M para Morrer. Na época, Ray, que era vinte e dois anos mais velho que Grace, havia garantido a ela que iria deixar sua mulher para que os dois pudessem viver um relacionamento público, o que ela viria descobrir depois que era mentira, como toda historinha do gênero.

Em 1955, Grace Kelly conheceu Rainier Louis, após concordar em ser fotografada com o príncipe, durante o Festival de Cannes. À época de seu primeiro encontro com o príncipe, ela tinha 25 anos e ele 32 e, após uma série de atrasos e complicações, eles se encontraram uma segunda vez, durante um jantar promovido pelo príncipe em sua casa real. Na ocasião, o príncipe Rainier pediu Kelly em casamento e ela aceitou, deixando a vida de atriz para se tornar a Princesa de Mônaco.

O casamento de Grace com o príncipe Rainier se deu em dois momentos: o primeiro, realizado em 18 de abril de 1956, foi o casamento civil. O segundo, que aconteceu em 19 de abril do mesmo ano, foi a cerimônia religiosa. 

Grace e Rainier tiveram três filhos:Carolina Margarida Grimaldi, em 1957; Albert Alexandre Louis Pierre, em 1958, e Stéphanie Marie Elisabeth Grimaldi, em 1965.

Em 14 de setembro de 1982, aos 52 anos, Grace Kelly morreu em um acidente automobilístico. O carro que ela dirigia caiu de um despenhadeiro. O seu funeral, 4 dias depois, contou com a presença da Rainha Elizabeth, Lady Gi e foi assistido por milhares de pessoas. Foi sepultada na Catedral de São Nicolau em Mônaco.

Em novembro de 2013, será lançado nos Estados Unidos o filme sobre a vida de Grace Kelly estrelado por Nicole Kidman. O filme ainda não tem data prevista para chegar às telonas brasileiras.


Com informações da E-Biografia, Wikipedia, UOL Notícias e trailer da Warner Bros.

Confira também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário