3 de mar de 2013

Seja Diva!

A primeira pessoa a cometer um ato de violência contra a mulher é ela própria!

A menina paquera aquele gato há séculos, finalmente consegue namorá-lo, e para não perdê-lo começa a ceder às 'sugestões' do tipo: não use essa roupa, não fale com fulana, não faça isso, não faça aquilo... E a criatura, toda crente que essas ações do companheiro são provas de amor, cede feliz da vida! Não são prova de amor! Isso aí, no popular, se chama 'cortar as asinhas'.

Ora, se um rapaz se apaixona por uma moça do jeito que ela é, porque depois de conquistá-la, irá querer mudá-la? A gente tem que amar as pessoas do jeito que elas são. Quando existe essa tentativa de querer mudar a personalidade de uma pessoa, isso passa a ser possessão, e não amor. E posse, a gente tem por coisas, não por pessoas!

Logo, se uma jovem permite que o seu namorado seja possessivo com ela, a partir desse momento, ela passa a se tornar uma coisa para esse rapaz, que ele faz o que quiser.

Coisas não têm sentimentos. Pessoas, sim! Se o rapaz não se preocupa com os sentimentos da namorada, porque essa jovem deve continuar investindo numa relação dessas? E pior é quando ele se cansar da 'coisa' e for em busca daquela menina bonita, cheirosa, cheia de ideias que ele conheceu um dia!

Minha cara, se você se identificou com esse texto, alerta vermelho para você! Você está sendo a primeira a se violentar! E se você está se permitindo viver numa situação dessas, consigo mesma, o que os outros não farão com você, concorda comigo?

Divas não se deixam dominar! E todo homem, com certeza, prefere uma Diva ao lado, do que uma 'coisa', pode acreditar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário