9 de ago de 2012

Não seja o chato do facebook

Ninguém na vida cotidiana gosta de ser vista como uma pessoa chata. Mas no mundo virtual, parece que alguns pegam senha para a chatice. O resultado disso: as pessoas acabam cancelando a assinatura e até mesmo bloqueando a pessoa na rede social.

Como não ser chato no facebook? Encontrei algumas dicas no UOL Tecnologia bem interessantes. Vou deixar algumas por aqui!

O primeiro passo é evitar a publicação excessiva de conteúdo que pode ser cansativo. Há pessoas que ficam postando figurinha e pensamentos o dia inteiro, ninguém merece!

A segunda coisa mais irritante, segundo o site, são os casais apaixonados que, insistentemente, postam tudo sobre o casal, como por exemplo, a visita surpresa, o último final de semana que passaram juntos, o papel da bala que ganhou da pessoa amada.

O diário do bebê. Ser mãe é uma dádiva, uma coisa bonita, mas não precisa ser detalhada no facebook. Fazer um apanhado da vida da criança, do dia, ok, mas postar de 10 em 10 minutos fatos e fotos sobre o baby, não dá!

As lamentações. A vida não está fácil para ninguém. Um desabafo na rede, uma reivindicação, ok, mas viver só de reclamar, de se lamentar da vida, de dizer como sofre, como está doente etc, torna-se, na minha opinião, a maior chatice de todas no Facebook.

Joguinhos: muita gente gosta, eu não. Ficar insistindo para que seu amigo entre nessa supera os limites da chatice.

Resumo da ópera: A não ser que você seja uma celebridade (e ainda assim olhe lá!), não faça da sua vida uma novela em detalhes na rede. Não é o fim da picada quando alguém conta tudo o que faz o dia inteiro? Vou almoçar, vou tomar banho, vou comer ovo frito... defintivamente, ninguém merece!

Correntes. As correntes são importantes, têm o seu papel, ajudam a encontrar pessoas desaparecidas etc e tal, mas não dá para viver só de compartilhar coisas tristes. Deixe que as pessoas compartilhem porque elas desejam e não porque você ficou insistindo.

Acrescento as campanhas eleitorais. Não há nada de mau no fato da pessoa querer ingressar na política e divulgar a suas ideias, seus projetos, seu número. Se esse é o seu caso, crie uma página, que além de poder ter um número ilimitado de pessoas, só 'curtirá' quem realmente se interessar pelo assunto ou pelo candidato.

2 comentários:

  1. excelente ... vou copiar texto na íntegra e dividir o conteudo do blog ...

    ResponderExcluir