9 de mai de 2012

Aumenta número de perfis falsos no Facebook

Pelo menos 25% dos usuários de Facebook nos Estados Unidos falsificou seu perfil na rede social para ocultar sua verdadeira identidade, segundo um estudo realizado pela organização Consumer Reports.

 Essa percentagem era de apenas 10% em 2010, o que reflete um aumento da preocupação pela segurança das pessoas com sua conta na popular plataforma da internet.


Segundo o documento, 11% dos domicílios nos quais há pessoas que usam o Facebook afirmaram ter tido problemas no ano passado que foram desde dificuldades para acessar o perfil até inclusive ter sofrido algum tipo de assédio ou ameaça.

Esse número foi 30% superior em 2011 em relação a 2010, apesar de o relatório determinar que em alguns casos esse aumento ocorreu devido ao descuido do usuário na gestão de sua conta no Facebook.

Os dados do estudo indicaram que "há gente que compartilha coisas demais" (podendo dar pistas aos ladrões)  .

A organização estimou que em 2011 o Facebook fechou cerca de 800 mil contas na rede social criadas por menores de 13 anos, idade mínima para ser usuário legal dessa plataforma, apesar de calcular que 5,6 milhões de crianças ainda têm perfil no Facebook.


O Facebook é a rede social mais popular da internet com mais de 900 milhões de contas ativas no mundo todo.

Informações da Folha SP

Comentários sobre a matéria:

  • Não só nos Estados Unidos, bem como no Brasil, há muitos desocupados que criam perfis fakes (falsos) quase sempre com propósitos duvidosos. (É muita falta do que fazer, né não?)
  • Compartilhar coisas demais - Canso de comentar por aqui que há pessoas muito 'sem noção', que publicam que vão tomar banho, vão jantar e até mesmo dão dicas aos ladrões, informando que vão viajar, por quanto tempo etc etc. Não dá!
  • Crianças usando redes sociais sem monitoramento dos pais é o cúmulo da irresponsabilidade, pois por mais inteligente que a criança seja (e todo pai acredita nisso), um adulto mal intencionado é muito mais, concorda comigo?



Nenhum comentário:

Postar um comentário