27 de jan de 2012

Mundo pet em ascendência

O Brasil tem a quarta maior população de animais de estimação do mundo. São 98 milhões de bichinhos, responsáveis por movimentar R$ 11 bilhões em 2010. Neste ano, o crescimento deve atingir 6%

De olho no mercado animal, os pet shoppings estão super em alta, principalmente se os estabelecimentos oferecerem venda de produtos e serviços relacionados à higiene e saúde, num espaço amplo e cômodo para ambos (dono e animal). Sim, porque se o dono tem a oportunidade de um certo conforto (ler uma revistinha, ver tv, tomar um chazinho...) enquanto aguarda a tosa do seu pet, por exemplo, a tendência é fidelizar o atendimento e , até quem sabe, gastar mais um pouquinho dentro do pet shopping! ;)

Agora, é bom ressaltar que um pet shopping, para garantir o sucesso mesmo, não pode ser exclusivo para cães, porque vem crescendo bastante a procura por peixes, gatos e aves.

Uma vez que a cada dia cresce o números de pessoas migrando para a classe A no país, os mimos para os bichinhos, tipo coleirinhas com strass, roupinhas estilizadas, produtos sofisticados para a higiene pessoal e alimentação do pet, vem começando a esquentar no mercado brasileiro.

O setor que ainda não se aqueceu no mundo pet, refere-se à venda de medicamentos veterinários, que não passa de 6% de todo o volume de negócios do setor. Mas a longo prazo, a tendência é crescer.

Essas dicas referem-se às oportunidades e tendências de mercado do Pequenas Empresas, Grandes Negócios

Opinião: o segredo do sucesso é não ser igual. Ousar, aperfeiçoar, ampliar, com certeza, sempre faz a diferença.

Nenhum comentário:

Postar um comentário