7 de dez de 2011

3 erros que as empresas comentem nas redes sociais

Você tem uma loja de roupas, acessórios, de peças para veículos, lanchonete, enfim, e resolve colocar o seu negócio nas redes sociais, com o intuito de divulgar a marca e se aproximar de novos clientes, a custo zero. Ok! Mas um artigo no Papo na Rede traz uma matéria interessante sobre os erros cometidos por essas empresas nas redes sociais, que vale a pena conferir, principalmente se você as utiliza para esse fim.

1. Sua empresa acha que mídia social é de graça

Não é só porque sua empresa não gasta nem um centavo na criação de perfis e contas nas redes sociais, que isso significa que tudo sairá na faixa. Criar é fácil, o difícil é realizar essa manutenção diária, o que gera ônus e boa dose de templo investido. As despesas incluem profissionais qualificados, estrutura física de qualidade, investimentos em ferramentas de monitoramento e até mesmo no relacionamento off-line.

2. Sua empresa acha que não é seu nicho

Um dos erros mais perigosos é achar que seus clientes não estão nas redes sociais. Algumas vezes isso pode ser verdade, mas só com a realização de pesquisas de mercado para ter isso como uma verdade fundamental. Com o avanço da internet no país, diversos segmentos nas mais diferentes classes sociais estão entrando de cabeça nesses canais. Se o seu público estiver lá e sua empresa não o enxergar, não é preciso dizer o prejuízo que isso pode gerar.

3. Sua empresa acha que qualquer um poder trabalhar com social media

É absurdamente massacrante o número de empresas que designam a área de mídias sociais para estagiários de comunicação, sem a supervisão de um profissional altamente qualificado para direcionar esses estudantes. Até mesmo empresas jornalísticas enxergam nos estagiários uma mão de obra barata e suficiente para dar conta de todas as ações. Cuidado, essa visão simplória pode colocar a empresa em situações desagradáveis.

Trabalhar com social media não deve ser um fardo para ninguém. Se sua empresa vê nesses canais meios “baratos” e “fáceis” de vender e empurrar ofertas nos usuários é melhor parar e rever por qual motivo a sua empresa realmente quis investir nessas mídias. Não é só porque sua empresa não tem um orçamento abundante que isso é razão para não realizar um trabalho sério e profissional.

2 comentários: