4 de ago de 2011

Fila Brasileiro

Quando os espanhóis e portugueses partiram para a conquista da América Central levaram juntos seus cães tipo Matim, que eram caçadores e gostavam de batalhas. No Brasil, o cruzamento desses cães com os cães indígenas resultou no Fila Brasileiro, que é uma raça usada como cão de guarda de rebanhos, e ainda cães de caça.

O Fila Brasileiro é corajoso, amigável e dócil para com o seu dono, mas com estranhos, a raça é pouca amistosa.

O Fila é um cão que não necessita de treinamento para ataque e guarda, mas é conveniente que receba adestramento de obediência, que deve começar a partir dos 4 meses, e jamais usando de métodos violentos (agressividade sempre atrai agressividade, concorda comigo?)

A raça apresenta grande variedade de cores e marcações, podendo ser sólido ou "tigrado".

Problemas comuns à raça:

. Torção gástrica – que pode ser evitada dividindo-se as refeições e evitando que ele ingira de uma só vez grande quantidade de alimento.

. Displasia coxo-femural e de cotovelo

. Complicações de parto – causadas pelo grande número de filhotes que normalmente nascem em cada ninhada, expondo a cadela a infecções uterinas.

. Gastroenterite – inflamações do estômago e intestino

Tudo sobre cães / Dog Time

Nenhum comentário:

Postar um comentário