15 de nov de 2010

Esmaltes viram ícones fashion e objetos de culto entre as mulheres modernas

O mercado registra um boom no setor. A febre das cores vibrantes, os desfiles de moda que agora capricham nos esmaltes das modelos, a paixão das blogueiras com suas coleções de até 500 vidrinhos... tudo isso inflou os números. A Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec) acaba de registrar que, somente em setembro passado, foram consumidos 60 milhões de esmaltes no país.

- Se for mantida essa proporção, alcançaremos um total de 720 milhões de unidades vendidas em 2010 - diz João Carlos Basilio, presidente da Abihpec. - No ano inteiro de 2009, a indústria registrou uma produção de 360 milhões

Mudanças de comportamento são visíveis diante de tanto frisson. Lojas abrem espaços para manicures e viram points.

No mundo da moda, a origem dessa esmaltemania se deu em 2007. Foi quando as modelos do desfile da Chanel apareceram com cores ousadas nas unhas. A partir dali, as mãos também passaram a ser alvo de flashes nas passarelas das grandes grifes.

Não é tarefa fácil acompanhar tantas novidades. As fábricas produzem uma diversidade cada vez maior de cores, com nomes que exageram na criatividade, como Inveja Boa, Deixa Beijar, Puro Glamour, Preguiçinha e Cosmos. Agora, ainda há variedade nos efeitos. Muitas aderiram ao fosco, por exemplo. Surgiram ainda os cromados e os superbrilhosos holográficos. As cultuadas estrangeiras OPI e Milani criaram recentemente linhas completas de esmaltes 3D. Para conseguir o efeito tridimensional, é preciso deixar as unhas secarem ao sol. Uma das marcas mais vendidas, a Colorama lançou a coleção Única Camada, com pincel mais largo e a proposta de passar apenas uma mão de esmalte. Com a consultoria do estilista Reinaldo Lourenço, a Risqué investe no efeito acetinado.

A matéria na íntegra pode ser conferida no Globo de hoje

Bom, como eu havia comentado antes, esse leque de cores que a indústria dos cosméticos vêm proporcionando à mulherada, só vem fazendo a nossa alegria (a minha, pelo menos). E a procura pelas novas cores tem sido tanta, que algumas dessa novidades já estão em falta no mercado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário