26 de set de 2010

Acessíveis ou não?

Quando criei o blog Transparência Nova Friburgo, o fiz com o objetivo de partilhar com os demais friburguenses interessados nas questões locais, notícias, que muitas vezes não seriam publicadas por aí. Não tinha maiores pretensões, como ainda não tenho, mas após quase deletá-lo, eu resolvi contactar algumas figuras públicas que, eventualmente, através de suas assessorias poderiam me enviar notícias. Arrisquei!

Para minha surpresa tive dois retornos agradecendo o espaço e já se colocando à disposição para o envio de notícias, que recebo até hoje: o deputado estadual Olney e o vereador Marcelo Verly.

Ainda assim, para que o blog não parecesse tendencioso, volta e meia sempre procurei buscar notícias sobre outros políticos e mais fatos sobre a cidade.

Após o resultado das eleições municipais de 2008, renovei o convite aos vereadores que consegui o contato (é bem verdade). Nessa leva, apenas o vereador Verly continuou no envio de notícias, bem como o vereador Cláudio Damião, gentilmente agradeceu e aceitou também enviar notícias ao blog, o que também faz até hoje.

Agora, nessa época de eleição novamente, lá fui eu de novo fazer convites aos candidatos a estadual e federal pela minha cidade. Além do Verly (que é candidato a federal), apenas os candidatos Helinho (PSC) e Ricardo Figueira (PV) retornaram me enviando material.

Mas fica uma interrogação na minha cabeça, que compartilho: Mesmo os outros não tendo dado a mínima, eu devo buscar notícias sobre eles, ou devo apenas priorizar aqueles que deram crédito ao blog?

Quando o blog era bem chulé, digamos assim, com menos de 2000 visitas, poucas foram as pessoas que deram crédito, mesmo sem me conhecer, e passaram a contribuir para o mesmo. Hoje, chegando à casa das 70.000 visitas, o espaço continua aberto a todos, só não aproveita quem não quer.

Como eu havia comentado antes, o meu blog não tem pretensões de ser o maior, nem o melhor, nem o oficial, como a gente costuma ver alguns blogueiros por aí divulgando seus blogs. O meu blog TNF tem a pretensão de trazer as notícias de forma transparente, seja do lado A, do lado B, enfim... e,claro, as notícias que considero relevantes também.

E sem a menor modéstia, a partir dele, muitos outros sobre a cidade foram criados, o que apoio, pois não tenho adversários e nem estou em disputa alguma. Uns vingaram, outros não... mas mais pessoas começaram a buscar sobre a política local, o que é muito positivo.

Mas eu fico pensando: Essas pessoas que se candidatam, pedem nosso voto, mas não são acessíveis agora, serão, se eventualmente atingirem seus objetivos, acessíveis amanhã?

E aí reforço o questionamento anterior: aqueles que não prestigiam a pequena mídia também merecem destaque? Estão mesmo interessados em interagir com a população? Serão, de fato, nossa voz na ALERJ e na Câmara?

Concluo que falta de acessibilidade de candidato me leva à falta de acessibilidade em teclar o CONFIRMA com o meu o voto a ele.

Comentários são bem-vindos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário