22 de dez de 2009

Falsa Intimidade

Existe coisa pior, mais deselegante, do que uma pessoa referir-se a uma celebridade ou figura expressiva local, como lhe sendo íntima? Exemplifico:

1. Numa empresa em que trabalhei certo dia o "famoso puxa-saco", que toda empresa tem, chega em minha em sala onde tinham mais pessoas, e diz: "em conversa com Pepê e Dedé...". Bem, ele quis se referir aos nossos patrões. Nesse caso, ele cometeu dois pecados mortais: falsa intimidade e falta de formalidade no ambiente de trabalho.

2. Numa roda de amigos, onde todos falam sobre política, um vira-se e diz: "falei ontem com Fernando ao telefone...". Bem, inúmeros Fernandos existem no cenário político, mas o personagem em questão trata-se de nada mais, nada menos que FHC. Tem cabimento essa falsa intimidade toda? Não, não tem.

Agora, vc poderia estar me questionando: e quem garante que os personagens acima não sejam mesmo íntimos dos mencionados? Simples. Quem é íntimo de fato,de uma celebridade, personalidade, ou seja de quem for, pela própria intimidade que tem, não sente necessidade de "pegar carona" no prestígio do amigo a fim de se promover.

A falsa intimidade, portanto, costuma colocar a pessoa em situação ridícula!

Às vezes recebo algumas mensagens e/ou recados do tipo: " a sua amizade é uma conquista", "ter sua amizade é muito importante...", e por aí vai! Bem, a mim me parece uma coisa meio forçada, por que para mim, a amizade é uma conquista, não uma imposição!

E vale lembrar que no meu caso, eu sou anônima!

Por outro lado, às vezes recebo algumas pequenas mensagens, reflexões, de pessoas que nunca conheci, que são definitivas para aquele momento, caem como uma luva para certas ocasiões. Essas, sem maiores pretensões, certamente ficam gravadas no coração.

É compreensível que o mundo moderno tenha trazido uma certa carência ao ser-humano, mas alimentarmos sentimentos dessa natureza não contribui em nada para a auto-estima de ninguém.

Falsa intimidade pode ser sinônimo de baixa auto-estima!

Todas as pessoas são importantes, são únicas, sejam elas famosas ou anônimas.

Quem partilha da intimidade de alguém, enxerga no amigo, uma pessoa de carne-e-osso como qualquer outro ser-humano e não um troféu conquistado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário