29 de dez de 2017

Mulher é condenada por te se casado com a filha, depois de ter se separado do filho

Quando a gente pensa que já viu de tudo, vem a vida e nos surpreende. Olha essa história, que coisa louca: Mulher é condenada por te se casado com a filha, depois de ter se separado do filho!

O fato ocorreu em Oklahoma, estado norte-americano. Patricia Spann, de 44 anos, foi condenada junto com a filha Misty Spann, de 26 anos, a um total de 10 anos de reclusão, por conta da relação incestuosa. Patricia já havia sido alvo de polêmica em 2008, ao assumir um matrimônio com o próprio filho, Jody Spann Jr, então com 18 anos – a união acabou anulada em 2010, depois deles passarem 15 meses juntos. O pedido de anulação foi feito pelo rapaz.

Como Patricia perdeu a guarda dos 3 filhos, por conta dessa história incestuosa com o menino, ela só voltou a encontrar a filha Misty em 2014, e pouco tempo depois, elas começaram um relacionamento, que em março de 2016 evoluiu para um matrimônio. 

Patrícia alegou não acreditar haver ilegalidade na ação, uma vez que teve o nome retirado da certidão de nascimento de Misty, quando da perda da guarda, o que, para ela, tornaria o relacionamento legalmente permitido. 

A matéria original, em inglês, pode ser conferida AQUI

O negócio dela era ficar em família! É de cair o queixo, não é?

Nenhum comentário:

Postar um comentário