6 de jun de 2017

Deixa a vida fluir!

Tudo acontece quando tem que acontecer, não quando a gente quer. E o que não tem que acontecer, favor não insistir, porque não vai dar em nada.

Às vezes nos colocamos em certas situações da vida para tirarmos uma lição, aprendermos alguma coisa. Um relacionamento frustrado, por exemplo, mostra aos dois lados o que não repetir no próximo relacionamento, embora seja muito comum, uma criatura ou outra, insistir no erro. Aí  a gente já sabe que é burrice, como diria o velho ditado, né?

Pais permissivos demais criam futuros adultos problemáticos.  O filho que nunca ouviu Não dos pais, quando se deparar com a vida, vai achar que todo mundo vai dizer SIM pra ele, e é nessa hora que a vaca vai pro brejo, porque a realidade não é bem assim! O que a gente quer nem sempre é pra gente, nem pro nosso bem. E cabe à família proporcionar esse entendimento!

Outra coisa:  A vida não flui quando colocamos obstáculos na nossa frente. Tem gente que antes de executar uma tarefa já diz que tudo vai dar errado, já coloca a insegurança na frente. Bom, se a criatura tiver êxito naquele momento, apesar da insegurança, pode ser que mais adiante o projeto seja abandonado, o emprego não dê certo, enfim, porque não foi algo realmente desejado, mas problematizado mesmo antes de se realizar.

E sobre as pessoas que adoram as doenças, o que dizer?  Se você está pensando que não conhece ninguém assim, abra o facebook que rapidamente você irá se deparar com alguém narrando como foi a sua crise de labirintite do dia, outra comentando sobre  a enxaqueca ou ainda aquele que faz um sinal de positivo na cama de hospital mostrando como ‘se quebrou todo’ no acidente, essas coisas. Gente que curte doença, procura tanto, que um dia acaba achando coisa séria! 

Resumo da ópera: Seguir o fluxo da vida e prosperar  é não ficar fazendo mimimi , nem bater pezinho pra vida, porque o mundo não tem a menor obrigação de atender aos nossos caprichos, e nem atenderá. E quando a gente insiste na negatividade, em infantilidades, em situações já desgastadas, não prosperamos, porque prosperar é deixar a vida fluir.

A vida tem o jeito dela, o ritmo dela e nós fluímos por ela (não o contrário).

Um abração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário