3 de dez de 2016

Reciprocidade

Faça parte da vida de pessoas que gostariam que você fizesse parte da vida delas! Não há nada pior nessa vida, do que ser a sobra, o excesso, o pacotão!

Se você nunca se sentiu uma pessoa inapropriada em meio a um ambiente, parabéns! Você é feliz e talvez nem saiba. Agora, se você, assim como eu, já teve aquela sensação de 'o que eu estou fazendo aqui', sabe bem do que eu estou falando!

Infelizmente, as pessoas mudam e, muitas vezes, para pior! Por isso é sempre bom a gente manter os pés no chão. Viver dentro da realidade nos poupa de muitos aborrecimentos. As pessoas são como elas são e não como a gente gostaria que elas fossem. Aliás, sem a mínima demagogia, eu prefiro que as pessoas sejam como elas são. Pessoas sem personalidade são totalmente desinteressantes.

Mas voltando ao tema central desse post, aquelas pessoas que só nos procuram quando precisam de algum por favor, ou quando tomam um 'pé na bunda', um bom dia, boa tarde ou boa noite, já está de bom tamanho. Cordialidade nessa vida é tudo, mas amizade e companheirismo é só pra quem merece.

As pessoas se aproximam de acordo com a energia. Se a sua energia vibra na mesma sintonia da outra pessoa, vocês serão próximas. Agora, quando cada um está em uma sintonia diferente, não adianta forçar a natureza. E como eu sempre digo, isso não tem nada a ver com religião. Energia é algo que a gente não vê, mas ela existe, tal qual a eletricidade, que a gente também não vê, mas sabemos que ela está ali na tomada!

A felicidade é uma necessidade, de todos nós, muito mais do que merecimento! E a gente só consegue alcançar o mínimo de felicidade, que seja, quando nos valorizamos, quando não nos deixamos virar um pacotão, que as pessoas não sabem o que fazer, não sabem como dispensar!

Hoje, eu posso dizer que enxergo nas pessoas, muito mais daquilo que elas dizem. Palavras são dispensáveis perante as atitudes.

Em suma, em todo relacionamento afetivo (seja ele amoroso ou de amizade) onde um lado se doa mais que o outro, tem alguma coisa errada aí. E antes que você se dê conta que o pacotão da história é você, caia na realidade e comece hoje a atrair para a sua vida, pessoas que lhe queiram tão bem, quanto você a elas. Aquelas pessoas que não te querem tão bem assim, abra caminho e deixe-as passar! Ok?

É isso!

Um abração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário