7 de jun de 2015

A polêmica do comercial do Boticário

A primeira vez que eu vi a propaganda do Dia dos Namorados do Boticário, eu confesso que não prestei atenção, nem me chamou a atenção, ou seja, pra mim foi mais um merchan na tv, até o Pastor Silas Malafaia polemizar em cima do comercial. Aí eu tive que ver algumas vezes para tentar encontrar a polêmica e ainda pedi ao meu marido que também assistisse para que pudéssemos debater sobre o assunto. E chegamos à conclusão que não havia nada para debater sobre comercial.

Mas vamos lá! Vamos conferir o comercial!



Sinceramente, você encontrou alguma polêmica nessa propaganda?

Agora, esse vídeo aqui é pra lá de polêmico. Vale a pena conferir para melhor compreensão do restante do post.



Em primeiro lugar, eu concordo com o Malafaia, quando ele diz que democracia é a proposição do contraditório. Pseudo democracia não está com nada! Onde todos pensam igual, sabemos, é porque ninguém está pensando nada! E se o Malafaia quis expressar a opinião dele, é um direito que ele tem!Concordar ou não com os seus posicionamentos vai de cada um! Isso é algo que eu defendo há anos nas redes sociais. Ninguém precisa pensar igual a mim. Eu também não preciso pensar tal qual a maioria. Mas todos nós podemos, e devemos, defender nossos pontos de vista. Até aí...

Agora, quando o pastor entra na questão da sexualidade, na minha opinião, ele se equivoca, e feio, porque coloca a homossexualidade como comportamento e não condição. E aí eu perguntaria ao pastor, se oportunidade tivesse: E no reino animal, a prática da homossexualidade também é aprendida? O ser humano é apenas uma espécie dentre tantas outras.

A prática da homossexualidade é mais antiga que a bíblia. Goethe, o poeta escritor, dizia que 'a homossexualidade é tão antiga quanto a humanidade'. E não é uma obrigação! As pessoas se relacionam com quem bem elas entenderem!

Enfim, o Pastor se preocupar, e querer boicotar, uma linha de produtos, que foi até sutil em retratar todas as formas de amor, foi meio forçação de barra. Talvez tal atitude tenha sido para chamar a atenção da mídia pra si. E não me venham dizer que ele não precisa! Se não precisasse mesmo,  limitaria sua opinião aos seus e não gravaria um vídeo para o mundo inteiro ver. E pior, de forma arrogante sugerindo boicote à marca. Tá precisando se curvar mais a Deus! Por que Deus não é arrogância e nem compactua com ela!

O importante da vida não é ser feliz? Então, que todos possam ser felizes da melhor maneira possível!

Toca pro gays, Boticário!

Nenhum comentário:

Postar um comentário