12 de mai de 2015

Os benefícios do óleo de copaíba

De tom amadeirado, o óleo de copaíba é excelente para tratamentos capilares como seborreia e queda. Também é bastante utilizado para massagear a pele. Conheça os benefícios desse poderoso e delicioso óleo!

Benefícios do Óleo de Copaíba

Anti-inflamatório e antibiótico natural
Melhora as dores musculares
Atua contra micoses
Excelente desintoxicante
Ativa a circulação
Auxilia no processo de cicatrização
Benéfico para tratamentos capilares, como seborréia e queda
Alivia edemas (inchaços)
Possui propriedades anticancerígenas, ajudando na prevenção do surgimento de células cancerígenas de ovário, próstata, rins, cólon, pulmões, mamas, melanoma e leucemia
Ação bactericida e anticéptica
Previne os gases estomacais e intestinais
Expectorante
Diurético e Laxante
Possui efeito calmante sobre a pele e mucosas inflamadas, combatendo o ressecamento e dando maciez
Excelente para quem tem artrite

Contraindicações e Efeitos Colaterais da Copaíba


O óleo de copaíba normalmente é usado externamente (na pele). Em alguns casos pode ser ingerido, mas este é um caso bastante específico que precisa ser prescrito por um médico, pois dependendo da variedade do óleo, não recomenda-se a ingestão. Além disso, doses altas da planta podem ser tóxicas.

Óleo Vegetal e Óleo Essencial de Copaíba

Em geral, os óleos vegetais são extraídos de castanhas e sementes mantendo as propriedades naturais da planta de origem, e são ricos em vitaminas naturais e ácidos graxos.

Com a copaíba, não é diferente: temos disponível para comprar o seu óleo, que serve para aproveitarmos todos os benefícios da planta de forma prática. Esse poderoso óleo é também um dos mais utilizados atualmente na indústria cosmética, em sabonetes, cremes, xampus e óleos de massagens, entre outros, beneficiando a pele e os cabelos.

Você pode usar o óleo vegetal de copaíba isoladamente, ou juntamente com o também disponível óleo essencial de copaíba, esse sim puríssimo e super-concentrado. Pela sua concentração, o óleo essencial é usado em pequeníssima quantidade, normalmente misturado ao óleo vegetal.

Para entender exatamente como funciona essa relação entre óleos vegetais e óleos essenciais, dê uma olhadinha no artigo sobre aromaterapia. Se você não conhece, realmente vale a pena entender um pouco sobre esse mundo dos óleos essenciais.

Fonte: Beleza e Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário