8 de abr de 2015

Dando uma força ao português

A língua portuguesa é realmente bastante complexa. São muitas regrinhas, muitas palavras parecidas, muitas idênticas, com significados diferentes, enfim, uma loucura!

A gente não nasce sabendo, mas também não precisamos atravessar a vida na ignorância, não é mesmo? Nesse sentido, vou recapitular algumas dicas de português que já passaram aqui pelo blog.

Errar é humano, mas persistir no erro, não!

ACENDER X ASCENDER - Duas palavras que têm a mesma pronúncia, mas significados muito diferentes.

Acender - pôr fogo. Ex: Ele acendeu um fósforo. 
Ascender - elevar, subir. Ex: Ele ascendeu na vida (ele subiu na vida).


O certo é EMINENTE OU IMINENTE? Ou será que ambas as palavras existem? As duas palavras existem. Vamos agora conferir os seus significados para aplicá-las corretamente: 

Eminente: ilustre, notável, superior. Ex: Aquele jurista é eminente! 

Iminente - pendente, muito próximo, que está por vir, que ameaça cair. Ex: O risco de novos deslizamentos nas próximas chuvas é iminente!

QUISER x QUIZER - É muito comum a utilização errada dessa palavra. Não existe quizer. A forma correta é quiser - sempre! 

OBRIGADO / OBRIGADA

Os homens dizem obrigado! As mulheres, obrigada! Simples assim!

Concerteza NÃO existe! Quem foi que inventou essa palavra, hein!  Para fazer uma afirmativa, você precisa utilizar duas palavras: Com Certeza!

Nenhum comentário:

Postar um comentário