26 de ago de 2013

A política na internet

As redes sociais vêm se consolidando como importantes canais para que o cidadão possa conhecer mais sobre a política e políticos. E em 2014, ano de eleição, os debates sobre política tendem a aumentar e a ficar mais acalorados.

Pra começar, em outubro de 2014, nós iremos escolher nossos candidatos para os seguintes cargos: Presidente da República, Senador, Deputados - Federal e Estadual. Ou seja, prestarmos atenção, desde já, aos futuros candidatos que irão concorrer a esses cargos, torna-se fundamental a qualquer cidadão brasileiro que, obrigatoriamente, tem que votar. Esse negócio de deixar para escolher os candidatos um mês antes da eleição, sinceramente, está completamente por fora. Uma má escolha repercute por 4 anos.

O voto é uma procuração que passamos a alguma pessoa para nos representar nas questões sociais. O político, portanto, é o nosso representante, que irá propor leis em benefício da nossa região, do nosso país. Sendo assim, não dá para a gente escolher 'qualquer um', a não ser que você se contente que 'qualquer um' te represente.

Se você não lembra em quem votou para deputado nas últimas eleições, por exemplo, alerta vermelho pra você! É sinal de que você apenas votou, não acompanhou, nem vem acompanhando o que o seu político fez e faz. E vai que ele não esteja de representando bem? Vai repetir a dose?

Hoje, o político que não está conectado na internet, está fora! A internet,  sendo uma das principais ferramentas de comunicação, não pode deixar de ser utilizada pelo político, ainda que através de sua assessoria.

E aí, fica a primeira dica: Se o político que você simpatiza, ainda não está conectado, não está seguindo as tendências, não está atualizado,  não merece, nem o seu, nem o meu voto! Votar num Jurrasic? Nem pensar! Antes de mais nada, o político tem que ter uma visão de futuro. Fora da internet, torna-se difícil.

Se você nunca se interessou pelo tema, e só ouve falar de política na hora do Jornal Nacional, ou qualquer outro telejornal que seja, saiba que através dali, você já está comprando uma ideia pronta, não precisa pensar, porque as ideias já vêm todas mastigadas pra você. Sem contar que, na tv, não são todos os políticos que aparecem, mas aqueles que estão sendo mais repercutidos no momento. E se o seu político é mais recatado e não aparece frequentemente na tv, você, mais uma vez, vai ficar sem saber o que ele anda fazendo, e mesmo assim vai confiar o voto a ele novamente?

Uma boa ferramenta pra quem não tem o hábito, ainda, de acompanhar o político pela internet, é o twitter. Ali, em 140 caracteres, vez ou outra, a figura pública expressa suas opiniões e também disponibiliza links de jornais e suas páginas pessoais. Que tal começar por essa rede social?

Tão importante quanto termos um político conectado e atualizado, é nos atualizarmos e nos conectarmos a ele também. Assim como um artista, que na tela é uma coisa, e na vida real, muitas vezes é outra,o que pode nos levar à decepção, assim os políticos, só que a nossa decepção para com eles, pode repercutir negativamente para toda a nossa sociedade. Pense nisso!

Um abração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário