8 de jun de 2013

Encurte as distâncias

A internet está aí para estreitar laços, nos aproximar de quem está distante, mas também, em grande parte, nos afastando de quem está por perto. Apesar de toda a facilidade que a internet nos proporciona, a nível de aproximação virtual, não haverá substituto para a aproximação pessoal, que possibilita que nos humanizemos mais, tenhamos sentimentos, que através da máquinas não é possível.

Em que consiste a amizade? Diálogo, afinidade no modo de pensar, compartilhamento de sentimentos bons e ruins, confiança (muita confiança) e fidelidade. E para que haja toda essa troca, só na base do olho no olho, pois no mundo virtual podemos ser e partilhar qualquer tipo de sentimento; no face a face, os sentimentos verdadeiros se desnudam.

Muita gente não acredita no tema, mas desde que comecei a estudar sobre almas gêmeas passei a entender mais sobre as relações entre as pessoas, não só no sentido amoroso (almas gêmeas), mas também comecei entender, observando sempre, as relações de amizade. Não sei tudo, não sou a melhor, mas como aprendiz, tenho entendido muitas coisas que antes ignorava por completo. Entendo um pouco mais as pessoas hoje, promovendo assim, um maior estreitamento ou não.

Hoje, as pessoas chamam umas às outras de amigos com a maior facilidade, assim como dizem eu te amo. Mas, claro, nem sempre esses sentimentos são verdadeiros.

No quesito almas companheiras, segundo Monica Buonfiglio, estudiosa no assunto, a verdadeira amizade geralmente inicia-se naquela fase em que estamos entrando na adolescência e começamos a questionar valores familiares e, portanto, nos aproximamos de jovens com pensamentos, ou mesmo, conflitos como os nossos. É nessa fase, concluo, que surge o protocolo da confiança e intimidade. (faz sentido, não faz?).

A amizade não envolve troca de interesses. Você gosta de mim, eu gosto de você e ponto final. Não importa a condição social, financeira, nada disso, trata-se de um sentimento maior. Daí que a amizade também é chamada de 'casamento branco', pois é tão rara quanto um bom casamento e, geralmente, chegamos ao final da vida com poucos e verdadeiros amigos.

A amizade verdadeira pode existir entre duas pessoas do mesmo sexo ou não. Não entendo quando vejo algumas matérias questionando se pode haver amizade entre homem e mulher. Ora, claro que pode. Eu mesma sempre cultivei boas amizades com o sexo oposto. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa!

Amigos não precisam ser testados, porque confiança colocada à prova identifica que há uma amizade frágil por aí. Se você realmente confia em alguém, tem um amigo para chamar de seu, a confiança já está estabelecida entre ambos. Não há necessidade de testes!

Enfim, como citam os poetas, podemos sobreviver sem quase tudo nessa vida, menos sem ter uma boa e verdadeira amizade! Cultivá-las, portanto, torna-se fundamental.

Não deixe para amanhã aquele abraço apertado, ou aquele alô inesperado, que você pode dedicar hoje para alguém que você considera, verdadeiramente, seu amigo. Encurte as distâncias! Vai saber o dia de amanhã, né não?

Um abração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário