11 de jun de 2013

Contas de casa em dia

Uma pesquisa realizada pela Revista Dinheiro & Direitos, no ano passado, com pessoas das classes A a D mostrou que, em média, 42% da renda dos entrevistados estava comprometida com dívidas, com o orçamento no limite, comprometendo até a qualidade de vida, porque essas famílias acabam não tendo disponibilidade financeira para o lazer, que também faz parte da vida e promove uma higiene mental.

O endivadamento é um problema muito sério. Mas o primeiro passo para não comprometer a renda familiar é não gastar mais do que se ganha. Parece simples, não é? E, na verdade, é! Afinal, pare e pense: há necessidade de se adquirir tudo o que aparece na TV, através ofertas tentadoras, ou parcelas a perder de vista?

Uma outra dica: planejar as receitas e gastos. Gente, planejamento é tudo! Por exemplo: antes de ir ao supermercado faça uma lista de compras. Aqui em casa sempre fazemos. E já aconteceu de eu e meu marido irmos para o supermercado sem lista e comprarmos coisas demais e deixarmos de lado o essencial.

Todos nós temos despesas com água, luz telefone, internet... os valores nunca são exatos, mas são, mais ou menos, previsíveis. Então, você já sabe que parte do seu salário, quer queira ou não, já está comprometido com essas despesas. Cobrar pela melhoria dos serviços é um direito seu. Mas também manter as contas em dia é um dever. Evite dores de cabeça!

O lazer, como comentei inicialmente, contribui para uma higiene mental, faz parte da vida. Nada melhor que fazer um happy hour, após uma semana pesada, não é mesmo? Mas a vida não é só festa, não é só churrasco, não é só balada. Programe-se nesse sentido também. Um final de semana sem balada pode te ajudar a comprar à vista aquela TV de trocentas polegadas, que você namora há muito tempo.

Equilibre sua vida financeira. Não consuma sem necessidade ou além das suas condições. Isso lhe renderá boas noites de sono e te auxiliará a manter o seu orçamento familiar em dia!

Com informações da Dinheiro & Direitos de jun/jul de 2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário