17 de jan de 2013

O tempo urge

Quando eu não consigo aparecer por aqui fico com matérias na cabeça, que poderia ter postado, que tenho vontade de postar, enfim, fico com esse blog 'martelando' na minha cabeça. Mas às vezes, realmente, não consigo chegar aqui.

Outro dia comentei sobre as promessas que sempre fazemos para o ano novo, mas que quase nunca levamos adiante. Bom, eu estou tentando levar os meus objetivos adiante, mas devo confessar que os planos traçados nada tiveram a ver com a chegada do ano novo, porque aprendi que quando realmente estamos dispostos a fazer algo, tanto faz se é domingo, feriado, ano novo, o que for. Importante é sair da zona de conforto, que nos leva do nada a lugar nenhum.

Até os 15 anos, a vida não passa, se arrasta. Passou dos 15, qualquer 10 anos foi ontem. E se a gente se acomoda, a vida vai passando, passando e a gente acaba ficando sem história para contar, ou mesmo deixando de um lado projeto que, aparentemente, era simples. E eu estou nessa - colocando pequenos projetos caseiros, pessoais, em prática.

O próximo passo vai ser revisitar as velhas amizades. Velhas, não, antigas. Eu sinto que, muitas vezes, os meus amigos me vêem como alguém distante, indiferente, aquela que simplesmente esqueceu! Mas não é nada disso. As pessoas queridas nunca saem do coração, mas também é importante que não as tenhamos só por lá. A troca, a experiência, as lembranças são fundamentais, até para que possamos construir novas amizades.

Enfim, a gente tem que viver um dia de cada vez, mas esse dia tem que valer a pena, não pode ser desperdiçado, não pode simplesmente passar, porque cada dia é um dia único, que não dá para ser modificado depois, que também pode ser o último (vai saber o que a vida nos reserva!).

O tempo urge! Você também fez promessas, tem planos que ainda não colocou em prática? A hora é agora! ;)

2 comentários:

  1. Querida Monique, que bom que tem matérias na cabeça, rsss e claro nos contempla com postagens sensacionais como esta.
    Parabéns, sabe que sou sua fã!
    Beijos de paz e uma feliz quinta-feira.
    Nicinha

    ResponderExcluir
  2. Nicinha, eu é que sou sua fã. Muitas vezes posso não responder, seja por aqui, ou no seu blog, mas sempre reflito sobre as suas palavras.
    Um beijão p/vc!

    ResponderExcluir