15 de ago de 2012

A arte de receber bem para um almoço ou jantar informal

Como eu sempre comento por aqui quando vou tratar do tema Etiqueta Social, o importante das dicas de etiqueta é a boa educação e não a frescura. Educação não é sinômino de dinheiro. O dinheiro pode até ser um facilitador, mas a boa educação, como diz o ditado popular, 'vem de berço'.

Hoje eu vou falar aqui de um almoço ou jantar informal, pequeno e simpático para quem recebe ou é recebido.

Em primeiro lugar, é importante pensar no cardápio. Eu, por exemplo, sempre aviso aos novos amigos que eu odeio bacalhau, pq o meu maior receio é ser convidada para um almoço e de repente me deparar com o prato. Não consigo me imaginar diante de um prato de bacalhau.

Para um almoço informal, pequeno, às vezes um arroz e feijão pode fazer o maior sucesso. Acredite você que está aí do outro lado, isso já ocorreu aqui em casa. Daí o motivo pelo qual reafirmo: não é o valor do prato, o requinte, mas a qualidade do que vai ser servido, bem como o que irá agradar o paladar dos convidados.

Em suma: O bom anfitrião escolhe o prato a ser servido pensando na satisfação do convidado. (Esse não é o propósito?)

Importante ressaltar que informalidade não é sinônimo de descuido ou relaxamento. Pratos limpos, copos limpos, talheres limpos são obrigação do anfitrião. Pratos lascados, copos rachados, nem pensar.

O famoso jogo-americano, em reuniões informais, está liberado.

Como combinar bebida e comida? Para realizar essa combinação com sucesso, basta observar algumas sugestões: peixe e carnes brancas devem ser servidas com vinho branco; carne vermelha, com vinho tinto; a sobremesa pode vir acompanhada de champagne; licores e conhaques podem ser servidos após a sobremesa; enquanto que o whisky acompanha os aperitivos (nunca esquecer da água)

De repente, os anfitriões não gostam de álcool, ou não têm o hábito de tomar uma bebida espeícifica, que pode ser até refrigerante. Não há nada de mal, aliás, é até simpático, que o convidado leve a bebida, ok?

O cafezinho deve ser servido após a refeição principal, em uma bandeja composta por xícaras, açucareiro e adoçante, com ou sem bule, visto que pode ser servido apenas o café diretamente nas xícaras. Atenção: não se deve colocar açúcar ou adoçante no cafezinho ao ser servido.

Simples, não? O chique é ser simples...e bem-educado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário