4 de jun de 2012

O par perfeito

Dia dos Namorados chegando, comércio fomentando as compras, mas muita gente por aí está sem 'alguém para chamar de seu!' Existe o par perfeito? Isso também é marketing? Você se considera ímpar nesse mundo par? Não desanime! Toda laranja tem a sua metade! Toda!

Há muito tempo por aqui, eu escrevi sobre almas gêmeas. O que significa isso?

Deus pegou um todo e dividiu ao meio, em dois corpos diferentes. Logo, quando essas duas partes se encontram, temos aí o encontro das almas gêmeas!

Como identificar a alma gêmea? Em primeiro lugar, semelhante atrai semelhante. Imagine: Deus não poderia cortar uma laranja ao meio e depois unir parte de uma laranja com uma maçã, certo? Então, aquela história de que opostos se atraem não se aplica para os relacionamentos duradouros, para o encontro das almas gêmeas. Opostos não se atraem. Semelhante atrai semelhante!


Ah, Monique, mas eu estou com uma pessoa que não tem nada a ver comigo, mas nos damos bem e pretendemos ficar juntos para o resto de nossas vidas! A própria cobrança social nos leva em busca de companhia para que a gente se sinta "adequado" ao meio.E às vezes depositamos muitas expectativas nesse relacionamento, que acaba nos levando à frustração. Não tem aquelas de histórias, de que mulher depois de certa idade está encalhada; homem solteiro é suspeito? Isso é bobagem! O nosso tempo é diferente do tempo de Deus. Para nós, um segundo pode ser nada. Para Deus, 20, 30 anos, quem sabe, também não!

É fato que pode haver o encontro de almas gêmeas, ainda na tenra idade, mas isso não é via de regra. O encontro do seu par perfeito pode ocorrer a qualquer momento da sua vida.

Se você possui uma companhia, um relacionamento, e essa pessoa  nada tem a ver com você, se um é água e o outro é vinho, já sabemos que ambos não são almas gêmeas. Semelhante atrai semelhante. Opostos jamais se atraem. Almas gêmeas, portanto, são almas semelhantes. Um todo dividido ao meio. Essa é a primeira dica de ouro para que você identifique a sua alma gêmea, o seu par perfeito!

Monique, se Deus pegou um todo e dividiu ao meio, então a minha metade pode estar em qualquer lugar desse planeta, certo? Sim, a sua metade pode estar em qualquer lugar desse mundão, o que não significa que vocês não irão se encontrar! Quantas histórias fantásticas já não ouvimos a esse respeito, não é mesmo? Isso acontece! Mas a sua metade também pode estar pertinho de você, e vocês ainda não se deram conta disso! Ou talvez ainda não tenha chegado o momento do 'grande encontro'.

Você também pode estar se perguntando: Se semelhante atrai semelhante, porque eu só tenho atraído 'tranqueira'? Vamos seguir a mesma linha - o bem atrai o bem. O mal atrai o mal. Se você, de repente, está numa fase ruim da sua vida, você pode atrair pessoas nocivas à você, porque a sua energia está baixa, você está vulnerável. É preciso praticar boas ações no dia-a-dia (de coração), para que você possa atrair boas pessoas para o seu convívio, e com elas, o seu par perfeito. Não adianta crer que na fase das trevas, dos excessos, você vai encontrar a sua metade, porque não vai! Vai sim, atrair pessoas de baixa energia (invejosos, canalhas etc etc).

 O encontro das almas gêmeas é um presente de Deus, e não uma obrigação da parte dele!

Segunda dica de ouro, portanto: Pratique o bem, faça o bem, exercite o bem, que o universo irá conspirar a seu favor. O bem atrai o bem. O mal atrai o mal!


A alma gêmea se deixa atrair pela inteligência e, claro, pelo amor. Se você se veste como quem vai para a "guerra" atrairá um soldado para o "combate", certo? Então, se comportando de forma inconveniente, você atrairá...um ser inconveniente.

É fato, e todos sabemos, que beleza (exterior) e inteligência, não tem nada a ver uma coisa com a outra. A beleza física encanta os olhos, mas a inteligência encanta o coração. Quantas pessoas vazias, sem conteúdo terminam seus dias sozinha, não é mesmo? Encontrar o par perfeito também pode ser uma escolha. Mas se você deseja mesmo encontrar sua alma gêmea, tenha conteúdo!

Enfim, essas primeiras dicas são essenciais para que você possa identificar a sua metade da laranja. Não tenha pressa!

Um comentário:

  1. Querida Monique, que bom falar sobre este assunto, independente da data quando falamos da vida e se tratando de relacionamentos pessoais temos que ter o cuidado de algo simples e que porém não existe mais tão visivel como foi um dia, me refiro ao respeito, cúmplicidade e o interesse mútuo pelo progresso espiritual do cônjuge.
    Podemos até pensar em dar atenção e ser fiel, mas até que ponto isso é o necessario para o cônjuge?
    O nosso lado intimo deve estar em sintonia em querer fazer o que é certo, mesmo que isso queira dizer não ficar nesse relacionamento.
    Dizer Eu te Amo, é fácil, provar o verdadeiro sentimento é dificil.
    Beijinho da tia Nicinha e parabens pela excelente postagem.

    ResponderExcluir