19 de mar de 2012

São Bernardo

O São Bernardo é um cão extremamente amoroso, que adora os seus donos. O seu comportamento chega quase a ser possessivo,e aí fica dificil estabelecer quem manda em quem, pois ele está sempre te procurando para que faça um carinho nele.

Passa a maior parte do tempo deitado dormindo. Algumas horas do dia ele acorda com muita energia, corre, pula em você, enfim adora brincar ( mas isso dura no máximo 1 hora), depois mais sono....

Alguns ( principalmente se você permitir) irão pular em você para fazer carinho. Lembrando que trata-se de um cão de 60 a 80 Kg se apoiando em você.

Ele é bastante territorial. Estranhos geralmente não são bem vindos na área em que ele fica e ele irá demonstrar isso, mas se a visita não demonstrar medo e tentar brincar com ele, em minutos ele estará deitado aos seus pés. Fora do seu território, ele é bastante calmo com estranhos.

O SB convive tranquilamente com outros cães na sua casa, até mesmo os cães em miniatura.

Ele é uma animal que chama bastante a atenção, então ao passear com ele, você terá que responder várias vezes que aquele não é o Beethoven do filme, que ele não come muito, que eles podem passar a mão no pelo, etc, etc, Nestes passeios é fundamental que você consiga demonstrar que é você que o comanda, senão prepare-se para ser arrastado por ele. Você deverá usar uma guia bem forte e estar sempre atento.

Ele também é bastante obediente quanto aos lugares em que ele pode ficar

Como todo cão grande, o seu metabolismo é lento, por isso, proporcionalmente ele não come muito. Uma ração de boa qualidade é tudo o que ele precisa. É muito importante que ele tenha água em quantidade e sempre fresca à disposição. Os SB estão sempre tomando bastante água.

Os cães dessa raça não gostam de ficar em lugares sujos, assim, procuram fazer suas necessidades em locais distantes do local onde se alimentam. Se o local que irá ficar tiver um espaço de terra, ele irá sempre fazer lá. As fezes são em grande quantidade mas fáceis de limpar (caracteristica de ração). Tanto a urina quanto as fezes não possuem fortes odores.

Como cães de grande porte, o SB pode sofrer de displasia, mas este mal é controlado se você adquirir o seu animal em um criador responsável, já que esta doença e genética e recessiva.

O principal problema que os SB vêm apresentando no Brasil (talvez em razão do clima quente), é uma piodermatite, (não é contagiosa, nem para os humanos, nem para outros animais que estiverem convivendo com ele). Essa dermatite é uma infecção na pele do animal causada pelo excesso de umidade. Para controlar esta infecção, você deve limitar os banhos (no máximo 1 por mês) e secar bem. Cuidado deve ser tomado também em época de chuvas. Evite que ele fique molhado muito tempo.

Lindos, não?

Confira o vídeo e conheça mais sobre a raça:



Fontes: Guia Passos / Este Bicho é o Bicho

Confira também:

Ofurô para cães

Scottish Terrier

Nenhum comentário:

Postar um comentário