25 de mar de 2012

A boa convivência com os amigos

Ser elegante não significa ser rico! A boa educação não tem nada a ver com dinheiro, não se compra. A boa educação se adquire através da observação, do conhecimento, da convivência, enfim.

O que é necessário, em tese, para que duas pessoas sejam amigas? Afinidade é essencial, mas também ética, confiabilidade, respeito, lealdade... Você já se imaginou ao lado de um amigo sem educação, que não respeita os seus pontos-de-vista, que espalha as suas confidências? Tenho certeza que não! Então, para se ter um amigo, antes de tudo, é necessário que você seja um!

Paulo Coelho e Danuza Leão, cada um do seu jeito, comentam que é necessário atualização periódica da lista de amigos, pois as pessoas mudam, e às vezes para pior. Portanto, é sempre bom estar com a sua lista atualizada.

Gafes todos nós cometemos. Mas jamais corrija seu amigo em público, faça-o reservadamente. Coisa mais deselegante é deixar uma pessoa encabulada em meio a outras pessoas, não? Certamente, se fosse com a gente, não nos sentiríamos confortáveis de jeito nenhum.

Nunca faça perguntas sobre assuntos pessoais. Se a outra pessoa quiser falar da sua vida pessoal, ok, se não tocou no assunto é porque não está com vontade de falar. Isso se chama privacidade! Invadí-la, jamais!

E aquela pessoa que você não vê há muito tempo, e quando a reencontra, ela lembra mais da sua vida que você? Bons amigos têm amnésia, lembre-se disso!

Você fez um favor ao seu amigo por livre e espontânea vontade? Parabéns! Mas lembre-se, isso não lhe dá o direito de sair por aí espalhando que você ajudou fulano quando este estava na pior; ou mesmo ficar lembrando a ele o tempo todo o quanto ele lhe deve um favor. Era melhor não ter feito favor nenhum! A gente sempre deve fazer algo a uma pessoa de coração, não por obrigação! Havendo retorno, é lucro!

Não use as pessoas. Pessoas não são coisas. Trate sempre os seus amigos da mesma maneira. Tratar de um jeito quando está precisando e mudar quando não está precisando, é vergonhoso!

Amigos amigos, negócios à parte! Pegou algo emprestado, devolva (nas mesmas condições). Estragou? Resolva antes de devolver o objeto do empréstimo ao seu dono.

Dinheiro não se empresta! Mas havendo muita, mas muita intimidade entre amigos a tal ponto, ao pegar o dinheiro emprestado, devolva. Quem pega emprestado pode 'esquecer'. Quem empresta, jamais esquece! Não deu para pagar dentro do prazo previsto, informe ao amigo, dê satisfação, mas não suma, pois a amizade entre vocês pode sumir do mapa também!

Nenhum comentário:

Postar um comentário