31 de out de 2011

Elegância a todo instante

O mais elegante é ser simples. Até os grandes nomes ligados à moda e etiqueta social divulgam essa ideia. E como eu sempre comento por aqui, todas as vezes que trago o tema Etiqueta Social ao blog, procuro trazer dicas simples, para facilitar ainda mais o convívio social, porque quando aplicamos as boas maneiras ao nosso dia-a-dia, num evento social, por exemplo, ficamos à vontade, sem maiores embaraços.

Quando a gente liga para alguém, ao final da ligação,a iniciativa de encerrar a conversa também é nossa. Essa é a primeira dica!

Às vezes você está num momento de folga em casa, se lembrou daquela amizade antiga e resolveu ligar para a pessoa. Ok, nada de mal, mas pergunte à outra pessoa se ela também está desocupada, se pode permanecer ao telefone. Pode ocorrer dela não estar. Se for o caso, diga que retornará a ligação em outro momento, e não se aborreça, porque afinal, sinceridade é tudo, e colocar o papo em dia vai além dos 5, 10 minutos, concorda comigo?

A não ser que você tenha realmente intimidade com a pessoa, ou em caso de uma emergência, não ligue para a casa de ninguém após 21h (alguns dizem 22h).

Saindo da telefonia e partindo para o mundo virtual, mas com a mesma elegância, se você inciar um bate-papo via MSN, ou web cam, nada de ficar perguntando sobre o que a pessoa faz, quanto ela ganha, onde mora... a convivência lhe trará todas essas e mais algumas respostas. Não force a barra! Se o papo caminhar nesse sentido, com a pessoa tomando a iniciativa de falar de si, ok, se não for o caso, não force!

Outra coisa muito interessante (já aconteceu comigo): você está conversando com alguém, trocando informações e de repente se vê papeando com o NADA, porque a pessoa se desconectou e nem ao menos se despediu. Isso é muito feio, muito deselegante. Tocou o telefone, você tem que encerrar o papo, despeça-se, com um 'eu tenho que ir', 'depois nos falamos', ou qualquer coisa nesse sentido. Agora, deixar uma criatura no 'vácuo' é o fim da picada!

Já comentei por aqui, mas nunca é demais repetir - LETRAS MAIÚSCULAS indicam que você está gritando. Se realmente não é essa a sua intenção, digite com maiúsculas e minúsculas.

A sua convivência virtual pode ser diária com um grupo de pessoas, o que não quer dizer que vocês sejam os melhores amigos na vida real também. Na internet, nós sabemos, ninguém tem defeitos, portanto nada de ir abrindo as portas da sua casa a uma pessoa, sem ao menos, conhecê-la antes, em ambiente público, de preferência. Isso é uma questão de segurança!

Recados fofos! - Essas mensagens virtuais, acredito eu, foram criadas para facilitar a vida da gente, e não para torná-la um tormento. Mandar uma dessas mensagens de vez em quando, no aniversário, num momento delicado, sensibiliza. Mas mandar recados fofos de manhã, de tarde e de noite, ninguém merece!

A internet tem se tornado uma das principais armas em defesa do consumidor. Eu, particularmente, quando tenho problema com alguma prestadora de serviços, coloco a boca no trombone mesmo (e geralmente surte efeito). Agora, imagina a gente ler, de uma mesma pessoa, só reclamação, só coisa, só baixo-astral, todos os dias? Um horror! Portanto, use o seu Facebook, por exemplo, para reclamar, sim, mas também para postar uma frase legal, um vídeo musical bacana, uma charge bem-humorada.... Afinal, ninguém quer ter a imagem de uma pessoa 100% negativa, né não?

Um abração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário