25 de set de 2011

Maçãs e peras podem prevenir o derrame

Tal conclusão foi fruto de um estudo holandês publicado no jornal "Stroke", da American Heart Association, no qual pesquisadores defendem que comer muitas frutas e vegetais de cores variadas com carne branca pode prevenir a doença.

Os pesquisadores examinaram a relação entre as cores de frutas e vegetais em uma população de 20.069 adultos, com idade média de 41 anos, livres de doenças cardiovasculares no início do estudo. Eles responderam a um questionário sobre a frequência de consumo de 178 alimentos e, segundo os pesquisadores, a cor da parte comestível de frutas e vegetais reflete a presença de fitoquímicos benéficos, como carotenoides e flavonoides.

Frutas e vegetais foram classificados em quatro grupos de cores, sendo verdes os vegetais verde-escuros, alfaces e repolhos; laranja/ amarelo a maior parte das frutas cítricas; vermelho/ roxo a maior parte dos vegetais vermelhos; e 55% dos brancos eram maçãs e peras.

Durante dez anos de acompanhamento, 233 derrames foram documentados. Os vegetais e frutas verdes, laranja/ amarelo e vermelho/ roxo não foram relacionados ao derrame. E o risco de derrame foi 52% menor em pessoas com alta ingestão de vegetais e frutas brancos. Cada 25 gramas diários de frutas e vegetais brancos (também estavam incluídos bananas, couve-flor e pepino - batatas foram classificadas como amido) foram associados a um risco 9% menor de derrame.

Antes que você se anime e saia comendo maçãs e peras todos os dias, a pesquisadora Linda Oude Griep, coordenadora do estudo, alerta que a descoberta ainda deve ser confirmada com outros estudos. Além disso, a redução de derrames deve ser associada a estilo de vida e alimentação.

A informação é do jornal O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário