24 de jun de 2011

Devo mudar minha senha?

Nos últimos dias temos visto na grande mídia notícias relativas à ataque de rackers aos sites do governo. Segundo o grupo, trata-se de um "ataque ideológico" ou, como eles têm publicado nas redes, ataques contra a corrupção.

Mas no dia-a-dia, nós, meros mortais que acessamos a internet também estamos sujeitos a termos nossas senhas furtadas, dados colhidos... E pensando nisso, o australiano Daniel Grzelak criou o site “Should I change my password?” (Eu deveria mudar minha senha?) para que o internauta, que não conhece muito os recursos da rede, possa saber se as informações dele constam nessas listas vazadas ou não.

Ele criou um banco de dados baseado nas informações roubadas que foram disponibilizadas pelos hackers – inclusive, constam as mais de 60 mil senhas do Facebook, Twitter e contas de e-mail publicadas recentemente pelo LulzSec. A ideia é alimentar a base de dados conforme novos dados forem disponibilizados pelos hackers.

O funcionamento do site é simples: basta colocar o e-mail em uma caixa de texto, clicar no botão Check it! e a página retornará uma mensagem informando se o e-mail do usuário está na lista (ou não) e se ele deve mudar a senha dele – aliás, se sua senha estiver lá, quer dizer que um monte de gente também pode ter acesso a ela e tentar utilizá-la para acessar outros serviços.

Muito legal! Gostou também? Então, clique aqui e confira se você deve ou não mudar a sua senha! Boa sorte!

Nenhum comentário:

Postar um comentário