10 de jun de 2011

Bulldog Inglês

A origem do Bulldog Inglês é bastante remota e seu nome deriva do fato de que, até meados do século XVIII a raça era usada nos combates com touros (bull baitings). Naquele tempo, os Bulldogues eram um tanto diferentes do padrão atual, mais parecidos com o boxer (mais altos, musculosos e ágeis, com membros mais retos e longos). Sua característica mais marcante, a mandíbula, tornou-se mais desenvolvida que a arcada superior para que pudesse morder, de baixo para cima, as narinas e o pescoço do touro, de forma que este não se soltasse.

Com o passar do tempo, e com a proibição dos combates, o bulldogue foi se transformando até chegar ao cão como conhecemos hoje e que, segundo alguns, só continua existindo com a ajuda do homem, uma vez que suas próprias características físicas prejudicam sua reprodução sem interferência.

Seu focinho curto e nariz voltado para o alto, que eram extremamente úteis durante o combate, na verdade dificultam o resfriamento do ar e pode levar o animal a "morrer de calor", além de restringir seus esforços físicos porque se cansa com facilidade.

As pernas dianteiras curtas e espaçadas e a frente bem mais larga que a traseira, dificultam o parrto natural. Segundo pesquisa do The Bulldog Club of America, divulgada pela revista Cães e Cia, 94% dos partos são induzidos por cesariana.

O Bulldog pode ser um companheiro brincalhão e cheio de energia. É um cão "de boa paz", que se relaciona muito bem com crianças desde que estas respeitem seus limites para a brincadeira e até mesmo com outros cães desde que não haja "brutalidade" na convivência. É um cão muito silencioso, que late pouco e demanda poucos cuidados com seu pelo curto.

Por essas características, é um dos cães mais populares nos EUA e na Inglaterra.

A raça tem certa tendência a desenvolver assaduras, dermatites e sarna demodécica.

Precisa de atenção quanto a limpeza das dobras do focinho e pescoço, que deve ser feita com água e sabão neutro.

Dog Time



Se eu tinha esperanças de um dia ganhar um cãozinho dessa raça, desisti! Só nascem de cesariana!

Nenhum comentário:

Postar um comentário