4 de mar de 2011

Colocando o bloco na rua!

Olá Pessoal, e aí animados para cair na folia? Bom, eu vou acompanhar o carnaval pela TV, como já é da minha tradição. Chato? Que nada, me contagio com a animação dos foliões. Me empolgo com o desfile da minha escola querida, Beija-Flor!

Bom, mas nem sempre foi assim. Já pulei muitas matinês com as minhas primas no Clube de Xadrez, e por diversas vezes vencemos os concursos de fantasias infantis, cada uma mais linda que a outra, que eram confeccionadas por uma das minhas tias, irmã do papai. A alegria era geral - crianças e adultos se divertiam,num ambiente familiar.

Olha eu aí!!!!!!

É uma festa do pecado? Pecado a gente comete o ano inteiro. Tá certo, tem gente que exttrapola e põe a culpa na folia, mas também vai pôr a culpa no aniversário, no dia dos namorados, no natal, reveillon...

Carnaval é a festa mais democrática do nosso país. Não existe pobre, não existe rico, a festa é para todos, a alegria é geral. Também é uma festa cultural. Marchinhas das décadas de 30, 40, 50 estão atualíssimas, e na boca da galera, dos 9 aos 90.

Quem não conhece 'ô Balancê'? Ô balancê balancê / Quero dançar com você / Entra na roda morena pra ver / Ô balancê balancê... Essa marchinha foi composta em 1936!!!!

Ou ainda, O teu cabelo não nega mulata / Porque és mulata na cor / Mas como a cor não pega mulata / Mulata eu quero o teu amor... Essa é de 1931!!!

Se você for viajar, vale a velha dica: Bebida e volante não combinam! Você pode acabar com a sua festa e a festa dos outros! Não é legal!

Libido à flor da pele? Juizo! Carnaval só dura quatro dias, mas a sua consciência pode pesar durante o ano todo...e a ideia não é peso na consciência, mas sim cair na folia e esquecer dos problemas, que nos acompanharão o resto do ano!

Caia na folia e seja feliz! A vida é uma só e ela foi feita para ser vivida. E com alegria ela se torna muito melhor!

2 comentários:

  1. recordar tb é viver ...
    bom saber q vc já foi a "rainha do baile" :)

    ResponderExcluir
  2. Rainha, não fui não! Mas que na infância, brinquei muito, brinquei! Bons tempos! :)

    ResponderExcluir