4 de fev de 2011

Crossdressing

Você já ouviu falar nessa palavra? Sabe o que ela significa? Não? Crossdressing pode ser traduzido como travestismo, ou seja, pessoas que vestem roupas ou acessórios do sexo oposto, não em função de uma orientação sexual, e sim pela simples vontade de se vestir como o sexo oposto se veste.

Deu nó? Bom, o assunto não é dos mais simples, mas é no mínimo (sem preconceito algum) curioso!

Os crossdressers tipicamente não modificam o seu corpo, não fazem tratamento hormonal, nada disso. Eu vi uma matéria a respeito, onde alguns homens casados, bem-sucedidos, heterossexuais, com uma vida absolutamente dentro dos padrões sociais, têm o hábito de, pelo menos uma vez por semana se encontrarem para praticar o crossdressing, ou seja, se vestem de mulher e vão tomar um chopp, vão a uma exposição, enfim...

No Brasil, há 13 anos, foi fundado o Brazilian Crossdressers Club, onde o grupo mantém um site, que visa agregar outras pessoas com o mesmo estilo comportamental, ou mesmo simpatizantes e/ou familiares que apoiam.

No vídeo a seguir, Kelly Neta, a presidente do BCC, explica melhor sobre esse inusitado estilo de comportamento.

Vale ressaltar o seguinte: entendendo ou não, concordando ou não, o mais importante é respeitarmos as pessoas como elas são!

Nenhum comentário:

Postar um comentário