8 de nov de 2010

Postura e Elegância à mesa

Diz um ditado popular: "A educação de uma pessoa se conhece à mesa: na hora de comer, na hora de jogar, na hora de negociar!"

Qualquer que seja o tipo de refeição - familiar, informal ou formal - há regras básicas de conduta e elas servem para todos os momentos à mesa. Aliás, cultivar determinados hábitos em casa não nos colocará em "saias justas" em um evento formal, concorda comigo? Por isso, nunca é demais a informação.

Eu costumo dizer que elegância é inerente ao dinheiro. Há pessoas que são elegantes naturalmente, sem nunca ter tido qualquer tipo de informação sobre etiqueta social. Pode acreditar, já conheci. Enquanto há outras que têm todo o dinheiro do mundo, e toda a deselegância também.

Mulheres sentam-se primeiro à mesa. Homens, somente após a dona-da-casa.

Proibido: debruçar-se sobre a mesa, colocar os cotovelos em cima da mesa, se "esparramar" na cadeira (isso é muito comum em crianças e é muito feio).

Na hora de servir ou ser servido

Se é você quem está recebendo, obviamente, todos os convidados devem ser servidos antes. Imagina a cena: aquele monte de gente em volta da sua mesa, um esperando o outro a começar a servir, e você lá enchendo o seu prato!!!! Nem pensar!

As mulheres servem-se primeiro, depois os homens mais idosos, em seguida, os homens mais jovens e crianças na sequência.

Prato cheio, nem pensar. É muito mais elegante você se servir por 2 ou 3 vezes, do que colocar uma montanha de comida no prato.

Guardanapos

De pano, no colo. Terminada a refeição coloque-o solto sobre a mesa.
De papel, mantenha-o ao lado esquerdo do prato, nada de amassar, fazer bolinha...

Importante!

Não se esfrega pratos, talheres, à mesa. Isso se faz na cozinha. Estão suje-os, troque-os.

Não falar de boca cheia e não comer com a boca aberta (isso é o básico).

Misturar a comida toda fazendo aquela gororoba.

No caso de sopa, nada de soprar ou servir-se de forma ruidosa. A sopa está quente demais? Espera um pouco, deixe-a esfriar naturalmente.

Palitar os dentes, só no banheiro. À mesa, palitar os dentes é crime, é um horror é o Ó!, ainda que seja em família. Aquele ritual de palitar os dentes com a mão na frente, então, me recuso a comentar.

Acabou a refeição? Não deixe a mesa. Espere que todos terminem. Atender a uma ligação, só se for algo urgente, caso de vida ou morte. Se você tem uma pessoa que te auxilia em casa, ela mesma deve estar orientada, que a ligação será retornada assim que for possível. Se você não tem, ao atender uma ligação, diga à pessoa do outro lado, que assim que puder, retornará a ligação.

Ao final da refeição, os talheres devem ser colocados paralelos ao prato. Nada de cruzá-los ou largá-los soltos pela mesa.

Pontualidade é fundamental, tanto para o convidado, quanto para o anfitrião. Na verdade, o atraso é um hábito do brasileiro, e deve ser de, no máximo, 30 minutos, não mais que isso. Para quem recebe, o ideal é servir a refeição até uma hora após o estipulado. Exemplo: você convida um casal para jantar na sua casa às 20h, o ideal é que até às 21h, o mesmo já esteja pronto para ser servido.

O cafezinho pode ser servido à mesa ou não. Tanto o anfitrião pode servir a cada um, como todos podem servir-se individualmente. E nada de dedinho levantado, hein!

Um bom anfitrião mantém-se atento aos convidados até o último minuto. É recomendável, inclusive, acompanhá-los até a porta e, se necessário, até o carro, quando eles forem embora.

Um comentário:

  1. olá,pode visitar meu blog?
    bom,meu blog é esse:
    http://diverssidadedecoisas.blogspot.com/

    ResponderExcluir