7 de nov de 2010

Amigos, amigos...

negócios à parte!

Como é bom ter amigos, não? Como é bom ter bons amigos, melhor!

Há pessoas que passam pela nossa vida de forma meteórica. Outras vieram para ficar. São as que podemos chamar de almas companheiras. Mas sobre almas companheiras tratarei quando entrar no tema esotérico. Esse post é destinado à etiqueta social, à regra da boa convivência.

O ser-humano é capaz de viver sem grana, sem romance, mas sem um único amigo, que seja, impossível. Alguém tem que nos aturar neste mundo! Rs... Amigo é o parente que a gente pode escolher.

O conceito de amigo é bastante amplo, bastante subjetivo, cada um define o seu melhor amigo, o amigo ideal. Mas no geral, algumas dicas podem auxiliar.

Amizade x empréstimos

Não é qualquer pessoa que gosta de emprestar as suas coisas pessoais. E essas pessoas, geralmente, não pedem nada emprestado. Então, não pedir nada a essas pessoas é a melhor ideia.

De certa forma, eu me aplico nesse caso. Não costumo pedir coisas emprestadas, mas se eu chego a oferecer algo emprestado, tenha certeza, é de coração. Fora isso, pode ser que eu diga um não sem dó, nem piedade! (Não me lembro disso ter ocorrido, mas pode acontecer).

Carro é algo que não se empresta. Ponto. Mas caso isso ocorra, o amigo deve devolvê-lo limpo, de tanque cheio e sem multas, claro.

Jóia. Em hipótese alguma se empresta.

Dinheiro e amizade são duas coisas que não combinam (emprestar dinheiro a um amigo pode ser o início do fim), mas digamos que você tenha intimidade para tanto e pega dinheiro emprestado com o seu amigo: 1º diga no ato quando irá devolvê-lo. Se por uma infelicidade, você não puder pagar na data combinada, ligue, se explique, marque uma nova previsão de pagamento...e pague, claro. Há pessoas que se ofendem por ser cobradas, mas se elas tivessem dado satisfação, provavelmente, isso não ocorreria. A pessoa sumiu? Risque-a do seu caderninho!

Amigos do peito

Amigo de verdade não se compra, se conquita. Então, não tente se aproximar de uma pessoa só porque ela é rica ou famosa. Isso é forçar a barra demais. E pior é que a pessoa ao perceber, te descartará mais rápido do que se possa imaginar.

Amigo é amigo nas horas difíceis, como também são aqueles que suportam o sucesso do outro. Nada píor do que aquela pessoa que sempre fica tentando empurrar o outro p/baixo. Amigos fazem elogios aos amigos.

Muitas vezes, a vida separa as pessoas. Cada um vai para um lado, arranja um emprego novo, casa de novo, enfim, desaparece. Gostar não significa exatamente convivência, grude, chiclete. Amigo que é amigo se reencontra após 10 anos, como se fosse ontem - sem cobranças, nem bisbilhotices. O que tiver que ser compartilhado, será a seu tempo, naturalmente.

Ser amigo é ser discreto, não é contar segredos que lhe foram confiados, nem cobrar pelos favores feitos, em público. Amigos também devem ter memória curta (porque há pessoas que se lembram mais da sua vida, do que você mesmo).

Enfim, amizade não é invasão, não é posse. Para se ter uma amizade duradoura há que se respeitar o espaço do outro. Como diria o ditado, ado...ado... ado... cada um no seu quadrado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário