7 de abr de 2017

Copo meio cheio ou meio vazio?

O meu copo com água pela metade está sempre meio cheio. De natureza, eu sou uma pessoa positiva. Mas hoje... Pra começar, o meu outro blog não entrava, estava difícil acessar o facebook e quando cheguei à rua, já com tudo planejado, me vi presa numa lotérica onde havia apenas um rapaz atendendo e, lá pelas tantas, o sistema caiu me obrigando a dar plantão no local de 14h50 até às 16h30, quando o Zé me ligou, dizendo que já havia acabado no dentista. E aí, já beirando às 17h, eu não havia conseguido fazer nada, inclusive pagar as contas do mês.

Nós ainda chegamos ir à farmácia, ainda fomos lanchar antes das compras. Logo em seguida, eu deixei o Zé começando a fazer as compras de casa, enquanto me dirigi à Casa Lotérica 'de estimação', cuja fila dava a volta no planeta. Paciência era tudo o que me restava. Missão quase cumprida, pois ainda restava ajudá-lo a fazer as compras. (Aliás, aqui vai um parêntese: Marido sozinho no supermercado, geralmente, compra supérfluos caros, que geralmente não compraria se estivesse com a esposa do lado. Mas tudo bem, dos males, o menor!).

E chegamos em casa como se tivéssemos vindo da guerra. A ida ao Rio de Janeiro, recentemente, foi muito menos cansativa!

Uma esticadinha nas pernas, um refri, uma meia dúzia de palavrões, um banho... e nada de energias recarregadas, mas o bom humor, após essa pausinha, deu pra recuperar, afinal de contas, a vida é muito curta pra gente ficar reclamando eternamente, né não?

O meu copo continua meio cheio! Vamos em frente!

Um abração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário