23 de dez de 2016

Adolescência, que fase!

A adolescência é uma fase da vida muito curiosa, pra não dizer arrogante (pronto, falei!).  E a melhor parte dessa fase, na minha humilde opinião, é quando ela passa! Há bons momentos? Há! A turminha do colégio, o despertar para um novo mundo,  para as festinhas... mas no geral, a adolescência é uma encheção de saco – do adolescente para com a família e da família para com  o adolescente, ninguém se entende!

Com o passar do tempo , e com a experiência adquirida no dia a dia, o jovem, ao entrar na vida adulta, começa a perceber que as coisas não têm que ser pra ontem, pra agora, não existe urgência em se viver, simplesmente, se vive! E aí começa a fase boa da vida, a partir do amadurecimento. E graças a Deus, aquela fase do ‘ninguém me entende’, ‘eu sou rebelde porque o mundo quis assim’, vai passando!

Nós podemos dizer que a adolescência é a fase da ilusão (máxima!). O adolescente acha que sabe de tudo, acha que está preparado pra tudo, acha que seus pais não entendem de nada, acham, acham, acham...

As meninas, ainda hoje, acham que casando vão ter liberdade; que tendo filho serão consideradas maduras e que, pior, segurarão o sujeito (ai, meu Deus!). Os meninos, por sua vez, estão mais preocupados em ver mulher pelada nas revistas, nos videos, afinal, nos rapazes, o instinto está mais aflorado, enquanto que, com as moças, é o emocional.

O importante ao adolescente é que ele (a) saiba que ninguém é responsável pela sua felicidade, a não ser ele(a) mesmo(a). Quando a pessoa sai da adolescência para a vida adulta com essa ilusão de que pra ser feliz, só mesmo tendo alguém ao lado, tal pensamento irá abrir caminho para a uma série de vazios interiores, que culminará em muitas frustrações.

É fato também que ser adulto por si só, não credencia ninguém à maturidade e ao entendimento das coisas. Tem gente que vai passar pela vida dando cabeçada na parede até o fim da sua existência. Viver na ilusão também é uma opção e há que se respeitar! Ou você nunca conheceu alguém que repetisse sempre os mesmos erros?!

A gente precisa se fortalecer todos os dias. Quando estamos bem, a tendência é que mais coisas boas, que ruins, cheguem até nós. E isso não é conversa fiada, não!

É isso!

Um abração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário