9 de fev de 2016

10 calçados horripilantes

Bom gosto e elegância nada tem a ver com dinheiro. É claro que o money facilita, e muito, a aquisição de produtos de qualidade e, muitas vezes, exclusivos. Mas nem tudo que é caro é, necessariamente, glamouroso e bonito. Há marcas famosas, carésimas, que às vezes escorregam feio no quesito bom gosto e produzem cada coisa cafona, que é difícil acreditar que alguém possa querer adquirir.

A revista americana The Cut fez uma lista dos 50 sapatos mais horripilantes de todos os tempos. De fato, os sapatos são muito feios. Mas eu senti falta de um ou outro calçado e resolvi fazer a minha própria lista e vou apresentar por aqui os 10 calçados que eu considero horripilantes e jamais usaria.

Se não me engano foi na década de 90 que essa moda pegou e pegou com tudo. Era época em que a mulherada usava  sandália de plataforma de cristal, com amarração na perna ou não. Mais vulgar, impossível!




Clear PVC Shoes. Deus me livre!


Esse sapato tinha tudo para ser elegante, mas Marc Jacobs quis inventar em cima do clássico e não foi feliz!


Quando se fala em Prada, a gente imagina o glamour total, o fino, o belo. Mas quando a marca erra na mão, quer dizer, nos pés, ela também se torna campeã na cafonice (versão com salto e sem).



Eu não usaria essa Melissa - da coleção Vivienne Weswood - por nada desse mundo. Cruzes!


E essa Melissa com esse buraquinho na frente! Ok, dos males, o menor, pois é um calçado discreto, porém, eu não usaria!

As sandálias gladiadoras caem bem para filmagens bíblicas, que até está em alta, para compor o figurino de um personagem. Agora, para andar na rua com uma gladiadora é preciso muita coragem. Ô coisa feia!


Crocs: Para usar em casa, ok, liberado e aprovado. Na rua, não!


A Louis Vuitton é a marca desejada por 11 entre 10 mulheres. Qual mulher não gostaria de ter uma bolsa da marca? Agora, com relação aos calçados é bom escolher direitinho, porque nem sempre a grife acerta!


Tênis de salto, não dá!


Nenhum comentário:

Postar um comentário