27 de set de 2015

Mais transparência e menos aparência

De conselhos, e mensagens positivas no facebook, o mundo tá cheio. O problema não é postar coisas positivas no facebook, muito pelo contrário, às vezes cai super bem.  Quantas vezes a gente não abre a rede social e dá de cara com uma mensagem positiva e dizemos: É isso! Eu já passei por momentos assim e acredito que você também!

O problema do conceitual é quando ele não é sincero, não é exercido na prática. E o ‘vamos ver’ da vida é  o que vale! Como é que alguém, por exemplo, pode se atrever a dar conselhos sobre relacionamento, se a vida dela anda de cabeça pra baixo nesse sentido?! Não adianta!

Pois é, está faltando mais sinceridade no mundo. E as pessoas se acostumaram tanto com a ilusão, com a falsidade, que há aquelas que nem suportam mais qualquer insinuação que possa lhes trazer para a realidade. Ou você nunca ouviu: 'Não posso dizer isso pra fulano; nem pensar de falar desse assunto perto de beltrano!'

É fato que nós não somos donos da verdade absoluta. Ninguém é! Mas ser sincero não é ser dono da verdade, é falar com a alma, com a energia mais positiva que todos nós temos. E quando a gente fala com os outros de forma realmente sincera, as pessoas nos compreendem.

A grosseria é outra história, e a gente logo percebe quando alguém faz um comentário em forma de deboche, para diminuir, para humilhar... Para pessoas assim toda distância é pouca! 

Se você tiver receio de ferir alguém, torna-se mais prudente que você não diga nada. Ás vezes, não dizer nada também é resposta!

O fato é que o mundo precisa de pessoas mais transparentes e menos aparentes, concorda comigo? 

Comecemos a puxar essa corrente do bem!

Um abração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário