2 de mai de 2013

Diga não e liberte-se!

Diga não quando quiser dizer não. Esse pode ser o primeiro passo para combater a baixa auto-estima

Todos nós temos nossos próprios limites. Ninguém precisa fazer nada para agradar ao próximo, para ser aprovado pela sociedade, pois isso vai refletir num adulto frustrado, inseguro e com a auto-estima lá embaixo. Tudo que a gente faz deve ser para nos sentirmos satisfeitos, não para satisfazer às outras pessoas. A aprovação dos outros pode vir ou não, mas isso é consequência da vida, não circunstância.

Eu já conheci algumas pessoas, poucas (graças a Deus), que renunciaram à própria vida para agradar a sociedade. Por fora, bela viola, por dentro, pão bolorento, ou seja, pessoas que vivem de aparência - para a sociedade, felicidade plena e aceitação; e por dentro, infelicidade e baixa auto-estima. Vale a pena renunciar à felicidade para ser aceito na sociedade?

Se você tem problemas em dizer NÃO, aprenda, treine, passe de vítima a heroi na sua vida, você vai tirar um peso enorme das suas costas, pode acreditar! Diga SIM para você e NÃO para o mundo, sempre que julgar conveniente, porque a sua vida é sua e ninguém pode, nem vai querer, vivê-la por você!

Um comentário: