12 de fev de 2013

Carnaval da Família

Gosto do carnaval. Na verdade, gosto da alegria que a festa proporciona às pessoas. Gosto de ver as pessoas felizes, afinal, tem um ano inteiro pela frente para a preocupação com os velhos problemas cotidianos. Então, vale tirar uns dias para não pensar em nada, porque todo mundo merece ser feliz, ainda que por alguns dias, algumas horas, um segundo! Vale a pena!

Eu não brinco mais carnaval, mas tenho boas lembranças dos carnavais da minha infância. Era a época em que a família se juntava à criançada e todo mundo se divertia.

Esse ano, 1º carnaval do novo governo, a municipalidade trouxe, ou pelo menos tentou, resgatar o carnaval da família, que aliás, foi o slogan do nosso carnaval. Política deixada de lado, porque nessa época eu me desligo mesmo, tem sido legal ver o povo se divertindo, sem violência, pois houve reforço do policiamento, monitoramento de câmeras etc, mas o negócio mesmo vem partindo do povo, pois quando o povo quer se divertir, numa boa, a violência dá lugar à alegria. E assim tem sido, famílias na rua se divertindo a valer, um carnaval bacana. Isso sem contar o belo trabalho das agremiações locais,a cobertura da imprensa televisiva local....

E para quem não gosta de carnaval? Aí fica meio complicado. O jeito é um retiro, isolamento mesmo, porque em conexão com o mundo (rs...) a pessoa acaba respirando carnaval. Meu marido, por exemplo, não curte, mas até pelo meu entusiasmo, acabou se contagiando e prestigiou pela TV as escolas de samba da cidade, bem como a minha Beija-Flor, do RJ.

Muita gente diz que o carnaval é uma festa profana, e é, mas trata-se de uma festa muito, mas muito antiga, que a Igreja Católica 'antenada' acabou adequando ao calendário católico. Há registros nesse sentido. Agora, a alegria e o modo de brincar vai de cada um. ´Não 'cola' colocar a culpa no carnaval, por causa de alguma besteira cometida, até porque besteiras podem ser feitas o não todo, né não?

Enfim, para quem curte, hoje é o último dia, depois só ano que vem. Para quem não curte, calma, o ano, enfim, vai começar amanhã, com tudo voltando à normalidade.

Um abração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário